MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

terça-feira, 1 de março de 2016

Guerrilha no campo: Assentamento Mansueto de Lavor

Guerrilha no campo: Assentamento Mansueto de Lavor

Adriano Pires Ribas - Cap EB (QAO Rfm)

Há tempos desconfio que assaltos a bancos são, novamente, como a não muito tempo se fazia, para abastecer a guerrilha. E agora recebi isto, e-mails vários. A conclusão é que estamos próximos de algo nada agradável... Sendo verdade o que repasso, nossos Comandantes sabem disso. Se estão se planejando para, ótimo. Se esperam ordem da comandantA em chefA, estamos roubados.
Alguém me disse que visitando instalação militar próxima a Washington DC lhe informaram que entre os estados da Bahia e Pernambuco está localizado o maior campo de treinamento de guerrilha, batizado com o nome de "Assentamento Mansueto de Lavor", onde labutam instrutores cubanos.
Militares americanos, trabalhando no Rio São Francisco, tiraram fotos do local e, através da sua embaixada, informaram ao governo brasileiro sobre movimento "atípico" notado no assentamento do MST.
Informe recebido no final do ano passado dá conta que o próprio Cmt EB sobrevoou de helicóptero a região do assentamento.
Inclusive há notícia que assaltos estilo cangaceiro Lampião na região de Pernambuco, Bahia, Paraíba e Piauí foram cometidos pelos integrantes do Mansueto de Lavor apenas como exercício. O mais emblemático deles é o assalto à cidade de Princesa Isabel na Paraíba. Se fizer uma busca rápida no youtube vai achar mais informações sobre o incidente. Em breve teremos um período de muita turbulência, e não só naquela região do Brasil.
Só que muito maior do que o  "Assentamento Mansueto de Lavor" é um assentamento do MST no Oeste do Paraná, destinado também a ações de terrorismo. É fruto de invasões, tudo que havia de produtivo nas propriedades, expropriadas a mão armada, foi destruído, é agora campos de treinamento de guerrilha.
É claro que o EB sabe disso e parece que aguarda ordem da comandante-em-chefe para agir. Mas a comandante-em-chefe é a n.02 das tropas do MST ... n.01 é o LULECO.

Prefeito Julio Lossio visita as unidades do Nova Semente do Assentamento Mansueto de Lavor e da Vila 12 -