MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

sexta-feira, 18 de março de 2016

Corpo de delito: PF divulga gravação de Lula e Dilma


GRAMPO TELEFÔNICO

PF divulga gravação de Lula e Dilma

Ligação foi divulgada após despacho do juiz federal Sérgio Moro

PF divulga gravação de Lula e Dilma
Ligação entre Dilma e Lula foi feita às 13:32h desta quarta (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)
Uma ligação telefônica entre a presidente Dilma Rousseff e o ex-presidente Lula realizada às 13:32h desta quarta-feira, 16, foi interceptada por investigadores da Operação Lava-Jato e divulgada no fim da tarde após despacho do juiz federal Sérgio Moro, que decidiu retirar o sigilo do processo.
Em seu despacho, Moro afirma que, “pelo teor dos diálogos gravados, constata-se que o ex-Presidente já sabia ou pelo menos desconfiava de que estaria sendo interceptado pela Polícia Federal, comprometendo a espontaneidade e a credibilidade de diversos dos diálogos”.
Ainda de acordo Moro, alguns diálogos sugerem que o ex-presidente Lula já sabia das buscas feitas pela 24ª fase da Operação Lava Jato deflagrada há cerca de duas semanas.
Com a notícia de que Lula aceitou o convite para assumir a Casa Civil, Moro ressaltou que as investigações serão enviadas ao Supremo Tribunal Federal após a posse do ex-presidente.
O advogado do ex-presidente Lula que considerou que a divulgação do grampo telefônico “busca causar uma convulsão social, que não é o papel do poder judiciário”, afirmando ainda que “a arbitrariedade está na divulgação de um grampo envolvendo a presidente da República”.
Confira abaixo a gravação de Lula e Dilma:
– Dilma: Alô
– Lula: Alô
– Dilma: Lula, deixa eu te falar uma coisa.
– Lula: Fala, querida. Ahn
– Dilma: Seguinte, eu tô mandando o ‘Bessias’ junto com o papel pra gente ter ele, e só usa em caso de necessidade, que é o termo de posse, tá?!
– Lula: Uhum. Tá bom, tá bom.
– Dilma: Só isso, você espera aí que ele tá indo aí.
– Lula: Tá bom, eu tô aqui, fico aguardando.
– Dilma: Tá?!
– Lula: Tá bom.
– Dilma: Tchau.
– Lula: Tchau, querida.