MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Brasileiro burro? A culpa é do Álvares Cabral, diz Lula



    Mais uma vez o ex-presidente Lula perdeu uma grande oportunidade de ficar calado.  Começa por comparar 
    Cabral com Cristóvão Colombo, que é um navegador que nunca esteve na América, pois quem descobriu as novas terras em nome dos reis católicos de Castela, foi Salvador Gonçalves Zarco, que se fez passar por Cristóvão Colombo, conforme hoje é reconhecido até pelo presidente Obama.  Por outro lado, o Lula parece desconhecer que vários cursos de nível superior foram introduzidos no território brasileiro desde o século XVII pelos jesuítas e pela própria coroa, na Bahia, em São Paulo e no Rio de Janeiro.  No entanto, no Brasil, era costumeiro naquela época, as famílias abastadas enviarem seus filhos para se formarem em Coimbra, que era uma das mais conceituadas universidades do mundo.                                   
    Eduardo Neves Moreira  


    BRASIL

    Brasileiro burro? A culpa é do Álvares Cabral, diz Lula

    11/12/2015, 13:33 in Observador (jornal online)
    Lula da Silva culpabilizou a colonização portuguesa pelos atrasos na educação brasileira, afirmando que Álvares Cabral descobriu o país em 1500 e a primeira universidade brasileira apenas foi criada em 1922.
    http://img.obsnocookie.com/s=w600,pd1/o=80/http:/observador.pt/wp-content/uploads/2015/12/19912343_770x433_acf_cropped-3.jpg
    ED FERREIRA/EPA
    O ex-presidente do Brasil Lula da Silva culpabilizou a colonização portuguesa pelos atrasos na educação brasileira, afirmando que Álvares Cabral descobriu o país em 1500 e a primeira universidade brasileira apenas foi criada em 1922.
    “Eu sei que isto não agrada aos portugueses, mas Cristóvão Colombo chegou a Santo Domingo [atual República Dominicana] em 1492 e em 1507 já ali tinha sido criada a Universidade. No Peru em 1550, na Bolívia em 1624. No Brasil a primeira universidade surgiu apenas em 1922”, disse hoje Lula da Silva, numa conferência em Madrid, organizada pelo diário El País.
    Para Lula da Silva, que comparou as atitudes dos países colonizadores Espanha e Portugal nas respetivas áreas de influência, este facto “justifica os atrasos na educação do Brasil”.
    A primeira universidade brasileira foi a Universidade do Rio de Janeiro, que resultou na junção das Faculdades de Medicina, Direito e Engenharia. Ao contrário de outras ocasiões, Lula da Silva não referiu que as bases do Ensino Superior brasileiro foram lançadas muito antes, no final de século XVII e XVIII.
    Em 1792, foi criada a Real Academia de Artilharia, Fortificação e Desenho, instituição de ensino superior precursora da Universidade Federal do Rio de Janeiro. Em 1808 foi criada a Faculdade de Medicina da Baía, na sequência da chegada ao Brasil da Coroa portuguesa.
    O Brasil tornou-se independente de Portugal em 1822.
    A argumentação de Lula da Silva em Madrid visava sobretudo as “elites brasileiras” dos últimos 100 anos, em comparação com o “legado” dos seus anos à frente do Brasil. Lula argumenta que o seu Governo triplicou o orçamento da Educação, construiu 18 novas universidades federais, 173 novos “campus” no interior do Brasil e três vezes mais escolas técnicas do que últimos 100 anos.