MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

Por que o Japão não tem nenhum problema com o Islã?

Nunca ter aprendido com os meios de comunicação que um político, um líder ou primeiro-ministro de uma nação islâmica que visitou o Japão? Você viu a notícia de que algum dignitário do Irã ou da Arábia Saudita príncipe visitou o Japão? O Japão é um país que tem mantido o Islã na baía. Japão tem restrições rígidas sobre o Islã e todos os muçulmanos.

1) O Japão é o único país que não dá cidadania a muçulmanos.
2) No Japão não há nenhuma residência permanente para os muçulmanos.
3) Há uma proibição forte sobre a expansão do Islão no Japão.
4) Nas universidades do Japão, não se ensina a língua árabe, ou a religião islâmica.
5) Não é possível importar "O Alcorão", publicado em árabe.
6) De acordo com os dados publicados pelo governo japonês, foi dado de residência temporária apenas a dois lakhs muçulmanos, que tem de seguir a lei japonesa.
Estes muçulmanos devem falar japonês e realizar os seus rituais religiosos em suas casas apenas.
7) O Japão é o único país que tem um número mínimo de embaixadas dos países islâmicos.
8) Os japoneses não são atraídos para o Islã.
9) Os muçulmanos que vivem no Japão são apenas funcionários de empresas estrangeiras.
10) Até hoje, o Japão não concede vistos a médicos, engenheiros ou administradores enviados por estrangeiros sendo muçulmanos.
11) Na maioria das empresas japonesas incluem um item nas suas políticas de trabalho, que apenas os não-muçulmanos podem inscrever-se ou candidatar-se a um lugar de trabalho.
12) O governo japonês é de opinião que os muçulmanos são FUNDAMENTALISTAS e que mesmo na era atual da globalização, eles não estão dispostos a mudar as suas leis muçulmanas.
13) Os muçulmanos não podem sequer pensar em alugar uma casa no Japão.
14) Se alguém vem a saber que seu vizinho é muçulmano, informa as autoridade e o bairro todo entra em alerta .
15) Ninguém pode iniciar uma célula islâmica ou árabe no Japão.
16) Não há naturalmente a lei (Sharia) no Japão
17) Se uma mulher japonesa se casar com um muçulmano, será considerada "pária" para sempre.
18) De acordo com o Sr. Komico Yagi, do departamento da Universidade de Tóquio, "há uma percepção no japonês que o Islã é uma religião para mentes muito estreitas, e portanto deve-se ficar longe desta religião."
19) O Jornalista Juber Mohammed visitou muitos países islâmicos após os ataques de 11 de Setembro, incluindo o Japão. Concluiu que os japoneses tinham a certeza de que os extremistas não poderiam fazer qualquer dano no Japão.
Podemos continuar a aprender alguma coisa do Japão?