MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

sexta-feira, 30 de outubro de 2015

O bebê, a rainha e a Dilma

O bebê, a rainha e a Dilma

Piada que circula na internet dos mais renomados generais e coronéis do Brasil:

Lula na Inglaterra pergunta à rainha:

- Senhora rainha, como consegue escolher tantos ministro tão maravilhosos?

Sua majestade responde:

- Eu apenas faço uma pergunta inteligente. Se a pessoa souber
responder ela é capacitada a ser ministro. Vou lhe dar um exemplo...

A rainha manda chamar o ex-ministro Tony Blair e pergunta:

- Mr. Blair, seu pai e sua mãe têm um bebê. Ele não é seu irmão nem sua
 irmã. Quem é ele?

Tony Blair responde
 :
- Majestade, esse bebê sou eu.

Ela vira pra Lula:
- Viu só? Mereceu ser ministro.

Lula maravilhado volta ao Brasil. Voltando ao Brasil, chama a Dilma Roussef e lasca a pergunta:
- Companheira Dilma, seu pai e sua mãe têm um bebê. Ele não é seu irmão nem sua irmã. Quem ele é?

Dilma responde:
- Vou consultar nossos assessores e a base aliada e lhe trago a resposta.
Ela vai então e cobra a resposta. Ninguém sabe.
Aconselham perguntar ao ex-presidente FHC, que é muito inteligente.

Dilma liga pra FHC:
- Fernando Henrique, aqui é a Dilma Roussef. Tenho uma pergunta pra você:
se seu pai e sua mãe têm um bebê e esse bebê não é seu irmão nem sua irmã, quem
 é esse bebê?

O ex-presidente responde imediatamente:
- Ora Di
lma, é lógico que esse bebê sou eu!

Dilma vai correndo levar a resposta ao Lula:
- Se meu pai e minha mãe têm um bebê e esse bebê não é meu irmão nem minha irmã,
é lógico que ele só pode ser o Fernando Henrique Cardoso!

Lula dá seu sorrisinho sabido e diz:
- Te peguei, companheira Dilma. Sua resposta está completamente
 errada... o bebê é o Tony Blair!

Obs.: Colaboração de meu amigo Norberto Correia (F. Maier).