MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

terça-feira, 6 de outubro de 2015

Bicudo diz que Lula enriqueceu de forma ilícita: "se corrompeu e corrompe a sociedade"

Bicudo diz que Lula enriqueceu de forma ilícita: "se corrompeu e corrompe a sociedade"

Em entrevista ao Roda Viva, jurista fundador do PT afirmou que ex-presidente enriqueceu de forma ilícita e com uso da figura da presidência da República:

"Lula tinha uma casa de 40 metros quadrados e hoje é uma das grandes fortunas do País"
Por Lara Rizério, Infomoney  
|10h03 | 29-09-2015
SÃO PAULO - Em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, os autores do pedido de impeachment mais célebre do impeachment, Hélio Bicudo e Janaína Paschoal falaram sobre o parecer e criticaram o PTe principalmente o ex-presidente Luiz Inácio Lulada Silva, mas também fizeram críticas sobre a oposição, classificadas por eles como fraca.
Hélio Bicudo, um dos fundadores do PT, afirmou que Lulaenriqueceu de forma ilícita e com uso da figura da presidência da República. "O Lula se corrompeu e corrompe a sociedade brasileira como ela é hoje através da sua atuação como presidenteda República", declarou.
O jurista afirmou que, evidentemente, não está na linha de frente do pedido de impeachment por benefício próprio. Ele afirmou que o PT "vestiu-se de uma vestimenta de que o partido era o salvador da pátria". Bicudo disse que "ele foi nessa" e não era isso que era. "Quando eu percebi que não era, eu saí do PT", ressaltou. Ele se afastou do PT em 2005, quando explodiu o escândalo do mensalão.
Ao falar sobre a maior decepção dentro do partido, Bicudo citou o suposto enriquecimento ilícito do ex-presidente. "O que mais me impressionou foi o enriquecimento ilícito do Lula. Ninguém fala nisso, mas eu conheci o Lula numa casa de 40 metros quadrados. Hoje, o Lula é uma das grandes fortunas do País. Ele e os seus filhos".
Ele afirmou ter conhecido o ex-presidente quando ele era um postulante ao governodo Estado de São Paulo. "Era um panorama completamente diferente do que se vê hoje no Lula quando ele fala. Ele falava para obter o poder e usar o poder em benefício próprio e dos seus, da sua famíliae todo mundo sabe disso. Quem é que está atrás disso? Quem quer que isso venha à tona. É preciso ver o que essas pessoas fizeram para ter isso", afirmou. O poder não deve ser fruto para você atingir os seus objetivos pessoais, afirmou.
Bicudo ainda disse que o "Lula é o dono do PT" e que o ex-presidente é maior que o partido. Tirando o ex-presidente, não há nenhum quadro. Ele afirmou ainda que o partido "contaminou as instituições do Brasilde ponta a ponta" e criticou o Judiciário, ao afirmar que processo para escolha de um ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) é completamente viciado.
Para o jurista, a saída da Dilma não vai gerar trauma. "As pessoas vão respirar fundo, dizendo: 'Puxa, saiu".
Oposição fraca e autoritarismo
A oposição também foi criticada pelo jurista, classificada por ele como "bastante covarde" em relação ao pedido de impeachment da presidente. Ele ainda vê dificuldades de que o processo seja levado adiante se não houver engajamento da população.
Janaína também afirmou que é frustrante a posição da oposição. "É frustrante quando nós ouvimos os principais representantes, os porta-vozes – digamos assim – da oposição fazendo a defesa do governo. Veja, ninguém está pedindo pra acusar, até porque, ninguém é obrigado a concordar com o nosso ponto de vista. Eventualmente, o ex-presidente Fernando Henrique tem elementos pra entender que não é oportuno, que não seria adequado. E nós temos que respeitar a opinião dele”, afirmou a advogada.
"Mas ele que guarde a opinião para ele", afirmou Bicudo. "É lógico, é evidente. Porque ele está querendo amealhar vozes contrárias [ao impeachment]. Olha o governadorde São Paulo, por exemplo, [afirmou] que ‘não é momento para o impeachment’. Como é que ele sabe que não é o momento? Ele quer empurrar o pedido pra trás, não pra frente”
Bicudo ainda criticou o presidente do PT, Rui Falcão, classificado por ele como um "autoritário, que se sente dono do partido. Como você pode conciliar o sistema democrático com esse tipo de partido? Não existe. Esse é um partido da autoridade, autoritário". Por outro lado, o jurista afirmou que não se arrepende de ter participado da fundação do PT porque no momento tinha a ideia de um partido popular, para fazer reformas necessárias, para que toda a populaçãogozasse das benesses.
Janaína ainda afirmou que o autoritarismo do PT pode ser vista através dos parceiros dele do ex-presidente Lula e da presidente Dilma. "Eles reverenciam ditaduras. E isso reiteradamente", afirmou a advogada. Ela destaca que eles têm razão em criticar a ditadura militar, porém "as ditaduras da América Latinados dias de hoje são protegidas, são reverenciadas, os ditadores vêm aqui e são tratados como chefesde Estado, como quaisquer outros [...] O autoritarismo também está aí". Ela afirmou que isso é o reflexo do sentimento de que "tudo é deles. Quando eles reverenciam estas ditaduras, quando a financiam, eles estão mostrando que tudo é deles. A Petrobras é deles, o dinheiropúblico é deles. Lidam como se fosse deles e não do povo".