MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

terça-feira, 7 de julho de 2015

ESCLARECIMENTO SOBRE AGRESSÃO - General Paulo Chagas

ESCLARECIMENTO SOBRE AGRESSÃO

Caros Amigos

Na tarde de ontem, a Dra Beatriz Kicis e eu, ao tentarmos entrar no Anexo II do Congresso Nacional, devidamente credenciados para assistir à sessão plenária que votou a PEC 171 - redução da maioridade penal -, sofremos agressões físicas e morais por parte de um orquestrado grupo de jovens representantes da UNE, contratados e apoiados financeiramente pelo PT e pelo PC do B, que tentavam impedir, de forma truculenta, o acesso dos cidadãos favoráveis à aprovação da PEC ao Plenário da Câmara dos Deputados.

O nível da agressão foi crescente, na medida em que buscávamos fazer valer nosso direto, chegando ao seu clímax no instante em que os manifestantes tentaram nos arrancar das mãos as credenciais.

Neste momento, em meio à gritaria, às ameaças e depois de muitos trancos e empurrões, a Polícia Legislativa resolveu atuar em força contra a turba, e empregou o gás de pimenta que, para meu azar, atingiu-me diretamente o rosto e os olhos, mas, ao mesmo tempo, criou espaço para que nos livrássemos dos arruaceiros.

Já dentro do CN, tentando aliviar o efeito vesicante do gás, tentei limpar o rosto com um pano que me foi oferecido, como havia tinta no pano, acabei ficando com a mancha que, nas fotografias e no vídeo que estão circulando no Facebook, faz parecer um hematoma.
 
Só me dei conta de que estava aparentando estar ferido, quando me deram um pano limpo para passar no rosto.
Assim, amigos, esclareço, para bem da verdade, que, embora tenhamos sido violentamente agredidos, não me restou qualquer sequela física, como fazem parecer as imagens feitas após o lamentável episódio.
 
Colho o ensejo para agradecer o apoio e a solidariedade de todos os que se têm manifestado e, como eu, repudiado aquela demonstração prática do entendimento que os comunistas têm do que seja opinião, direito, liberdade e democracia!

Obrigado a todos!

Gen Bda Paulo Chagas

Obs.: A agressão contra o general Paulo Chagas ocorreu na noite de 1º para 2 de julho, durante a votação da redução da maioridade penal (F. Maier).
 

CALENDÁRIO DO IMPEACHMENT

Gilberto Simões Pires - 06/ 07/ 2015 

Segundo análise feita pelo pensador (Pensar+) Paulo Moura, tanto o PMDB quanto o PSDB já concordaram até numa data para deflagrar a queda de Dilma Rousseff.

Calendário do impeachment:

14 de julho – Depoimento de Ricardo Pessoa ao TSE;
21 de julho – Vence o prazo dado pelo TCU para a defesa das pedaladas fiscais de Dilma Rousseff;
16 de agosto – Protestos marcados pelos movimentos de rua;
Agosto – Julgamento das contas públicas de 2014, que devem ser reprovadas pelo TCU;
Outubro – Julgamento das contas da campanha de Dilma Rousseff, que devem ser reprovadas pelo TSE.



Leia as últimas postagens de Félix Maier: