MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

quinta-feira, 28 de maio de 2015

Ao sair do Exército, não entre mais em fila. A mijada do general em Obama.

Ao sair do Exército, não entre mais em fila

A ‘TRUE STORY ABOUT’ General McChrystal's resignation in Obama's office, from General McChrystal's book!

NEVER STAND IN LINE AGAIN
Some men carry and handle their diplomacy better than others.
When former U.S. Military commander in Afghanistan, General McChrystal, was called into the Oval Office by Barack Obama, he knew things weren't going to go well when the President accused him of not supporting him in his political role as President.
"It's not my job to support you as a politician, Mr. President, it's my job to support you as Commander-in-Chief," McChrystal replied, and he handed Obama his resignation.
Not satisfied with accepting McChrystal's resignation, the President made a cheap parting shot:
"I bet when I die you'll be happy to piss on my grave."
The General saluted and said, "Mr. President, I always told myself after leaving the Army I'd never stand in line again."                                              
 TRADUÇÃO
(Dando sentido à piada ou ao fato.)...
Nunca mais entre em filas.
Alguns homens administram e conduzem sua diplomacia melhor do que os outros. 
Quando o ex-comandante das forças armadas no Afeganistão, o general McChrystal, foi chamado ao Salão Oval por Barack Obama, ele já sabia que as coisas não estavam indo bem quando o presidente o repreendeu, por não apoiá-lo em seu papel político como Presidente.
"Não é o meu trabalho apoiá-lo como político, Sr. Presidente, é o meu dever apoiá-lo como comandante-em-chefe", disse McChrystal e entregou a Obama a sua renúncia. 
Não satisfeito com o pedido de renúncia de McChrystal, o presidente ainda quis fazer uma graça na despedida dele dizendo: "Aposto que quando eu morrer, você vai ficar muito feliz em mijar na minha sepultura.
O general fez uma continência e disse: "Sr. Presidente, eu sempre disse a mim mesmo depois que eu deixar o Exército, nunca mais vou entrar em fila."

Moral da Estória:
O general intuiu que haverá fila para mijar na sepultura de Obama.
Não faça troça com gente inteligente, você poderá diplomaticamente ser desmoralizado.