MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

segunda-feira, 27 de abril de 2015

COMO RECONHECER UM BRASILIENSE DE VERDADE

COMO RECONHECER UM BRASILIENSE DE VERDADE:

- Você se sente confortável com a umidade do ar em torno de 10%;

 - É turista de festa junina, vai a todas em junho;
- Você conhece os ministros e deputados como "o pai daquele cara da faculdade";
- Ao dirigir, você fica meio paranóico com os limites de velocidades 60, 70 e 80 e mais um montão de pardais;
- Você, de fato, para o carro na faixa de pedestres;
- Você, às vezes, tem medo de jogar lixo pela janela do carro;
- Ouve dizer "é bem pertinho"! E pensa tranqüilamente em 50 km;
- Todo fim-de-semana tem churrasco (casa do amigo, família, clube, etc.);
 - Caminha no "eixão" como se caminhasse na orla de Copacabana;
 - Sabe que fazer a tesourinha não é cortar cabelo; 
 -  Só pensa em trocar o "apê" de 79m2 por um imenso de 100m2;
 - Um dos programas prediletos de final de semana é ver apartamentos à venda nas quadras "cento" e "trezentos"  ;
  - Sonho dourado é morar num apê "vazado", "de canto e voltado pro nascente"; [com ou sem cobogó...]
- Você se sente à vontade com endereços em coordenadas cartesianas;
 - Sabe que ponta de picolé não é sorvete;
- Sabe que se
for a um endereço na quadras 300, 100 e 200 irá a um apartamento bom; mas nas 400 terá que subir escadas e nas 700 terá de  procurar vagas nas calçadas das casas;
- Você chama os amigos de seus pais de "tio" e "tia";
- Você vê alguém fazer barbeiragem no trânsito e diz: "Só pode ser goiano";
- Acha que de mar, o nosso céu não tem nada, e na primeira oportunidade dá uma escapada para praia;
- Saco cheio quando chegam os parentes querendo conhecer a torre e a Esplanada;
 - Acha chique ter amigo ou parente que "passou" num concurso público ou que tem filho na UNB ;
- todo mês bate ponto na "feira do Guará", na "feira da Torre" e na "feirinha dos importados", mas não conta pros amigos;
 - Você reclama para o amigo: "Não tem nada para fazer nessa cidade". Mas fica indignado quando alguém de fora reclama que em Brasília não tem nada para fazer;
- Você reluta, reclama e a noite acaba indo comer pizza no Primo Piatto, porque durante o dia já almoçou no Giraffas, ou foi comer na "carne de sol" da Asa Norte;
- Sabe perfeitamente o que significa quando alguém diz: "Eu moro no Lago";
 - Vive de jantarzinho em jantarzinho no apê com os amigos, depois de comprar vinho na adega do Carrefour; 
- Curte ver as crianças gostarem tanto de "descer para brincar debaixo do bloco" ou nas pracinhas das cidades satélites;
- Pelo menos dez pessoas do seu círculo de amizade fazem Direito;
- Fica irritado quando te perguntam se já viu o presidente, como se ele fosse seu vizinho;
- Você acha que casa com piscina é a coisa mais normal do mundo;
- Você sabe que ir ao "Gilberto" não quer dizer visitar alguém;
- Sabe que Samambaia não é uma planta;
- Que Riacho não é nenhum córrego;
- Quando diz "Vou ao Shopping" sabe-se que isso só pode significar ir ao Parkshopping, se não, diria "Vou ao Pátio", ou "Vou no Conjunto", u "Vou ao Alameda" ou "Vou ao Taguá", etc.;
- Sabe que se for ao shopping Pier 21, não é pra fazer compras;
 - Não tá nem aí pra ARUC mas diz que torceu por ela no carnaval;
- Já passou um carnaval ou feriadão em Caldas Novas;
- Morre de rir, ou de raiva, nas vésperas de feriados, quando te dizem: "o último que sair (da cidade) apaga a luz";
- Sabe que pra ir à padaria você leva, pelo menos, 20 minutos para se arrumar;
- Sabe que as 4 gírias da cidade são: "Véi", "Tipo", "Cara" e "Ninguém merece";
Se você concordou com mais da metade deste e-mail, você é realmente... Brasiliense!!!

Obs.: Texto recebido de meu amigo Aquino, o "Cachorrão" (F. Maier).