MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

quinta-feira, 19 de março de 2015

MANDAMENTO CÍVICOS

MANDAMENTO CÍVICOS
COELHO NETO
1) — Honra a Deus amando a Pátria sobre todas as coisas, por nô-la haver Ele dado por berço, com tudo o que nela existe de esplendor no céu e de beleza e fortuna na terra.
2) — Considera a Bandeira como imagem viva da Pátria, prestando-lhe o culto do teu amor e servindo-a com todas as forças do teu coração.
3) — Honra a Pátria no Passado: sobre o túmulo dos heróis; glorifica-a no Presente: com a virtude e o trabalho; impulsiona-a para o futuro: com a dedicação que é a Força da Fé.
4) — Instrui-te, para que possas andar pelo teu passo na vida e transmite aos teus filhos a instrução, que é dote que não se gasta, direito que não se perde, liberdade que não se limita.
5) — Pugna pelos direitos que te confere a lei, respeitando-a em todos os seus princípios, porque da obediência que se lhe presta, resulta a Ordem que é a força suave que mantém os homens em harmonia.
6) — Ouve e obedece aos teus superiores, porque sem disciplina não pode haver equilíbrio. Quando sentires o tentador, refugia-te no trabalho, como quem se defende do demónio na fortaleza do altar.
7) — Previne-te na mocidade, economizando para a velhice, que assim prepararás de dia a lâmpada que te há de alumiar a noite.
8) — Acolhe o hóspede com agasalho, oferecendo-lhe a terra, a água, e o fogo, sempre porém, como senhor da casa: nem com arrogância que o afronte, nem com submissão que te humilhe, mas serenamente sobranceiro.
9) — Ouve aos teus, que têm interesse no que lhes é próprio, reservando-te com os de fora. Quem sussura segredos é porque não pode falar alto e as palavras cochichadas na treva são sempre rebuços de ideias que se não ousam manifestar ao sol.
10) — Ama a terra, em que nasceste e à qual reverterás na morte. Ô que por ela fizeres por ti mesmo farás, que és terra, e a tua memória viverá na gratidão dos que te sucederem.