MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

terça-feira, 10 de março de 2015

Fale Agora ou Cale-se Para Sempre

Fale Agora ou Cale-se Para Sempre
 
Caros Patrícios:
No dia 15 de março uma manifestação decidirá o futuro do Brasil.
Essa manifestação é uma segunda chamada da eleição de outubro. Nas ruas, vamos mostrar que repudiamos todas as fraudes, todas as manobras, todas a mentiras, todos os ataques e todo o pânico semeado pela candidata e por seus acólitos nos órgãos do governo postos a serviço de sua candidatura e, porque não dizer, nos estranhíssimos procedimentos do próprio STE.
O serviço de contra-inteligência do PT semeia vários argumentos tentando desencorajar o impeachment da megera. Quem despreza a história está condenado a sofrer sérias consequências. Por ocasião do escândalo do mensalão essa mesma conversa para boi dormir foi lançada. O boi dormiu, Lula se manteve no poder e deu no que deu.
O movimento de 15 de março que imaginamos será o mais legítimo, democrático e republicano ato de exercício de nossa cidadania. Nossa autoestima enquanto cidadãos  irá às alturas e os políticos que vierem a nos governar doravante terão sempre em mente que não somos um rebanho de ovelhas. Que, se prevaricarem, a terra se abrirá sob eles.
Finalmente, um alerta extremamente sério. Estamos vivendo uma crise institucional. O Executivo e o Legislativo estão mergulhados até o pescoço em um mar de lama.. Governadores, senadores, deputados federais estão entre aqueles que saquearam a Petrobrás. Por enquanto, a hidra, presidente do conselho que autorizou a compra de Pasadena não foi alcançada, mas sua hora chegará. O futuro da moralidade nacional está nas mãos do Judiciário, mais particularmente, de Sergio Moro e Teori Zavascki.
JAMAIS se esqueçam que a crise institucional é o penúltimo passo do catecismo gramscista para a tomada do poder. Vamos assumir a dianteira e colocar a coroa sobre nossas cabeças, porque se não o fizermos, alguns aventureiros com certeza lançarão mão dela.
Com todo amor pela Pátria Brasileira,
Cel. José Gobbo Ferreira

P.S: Não se deixem confundir: No Rio de Janeiro, a manifestação será em Copacabana e a concentração se iniciará às 09h30 no Posto 5.