MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

Só para militares: “Ordem Absurda Não se Cumpre!”


Aos Kamaradas
Embora o autor tenha restrito o e-mail somente aos militares, eu estou quebrando essa corrente pois julgo importante que todos saibam o que está acontecendo em nosso país
Azamba


SÓ PARA MILITARES

          Estive pensando a respeito dos três comandantes do EB, da
​ 
MB e da FAB.
          Tenho lido inúmeras mensagens sobre seus comportamentos
​ 
pífios à frente de suas instituições. Tenho concordado com eles, em
​ 
parte, haja vista que desconheço os verdadeiros motivos. Porém
​ 
sou de opinião de que tudo tem limite; e, esses últimos governos,
​ 
de traidores da pátria, já extrapolaram todos os limites possíveis.
          Cheguei à conclusão óbvia de que a hierarquia e a disciplina
​ 
devem sempre ser respeitadas, mas, também cheguei à conclusão de
​ 
que “Ordem Absurda Não se Cumpre.” Caso não  concorde, peça por escrito. Se o superior insistir em mantê-la, “abandone o barco,” peça
​ 
demissão. Seja Homem. A Dignidade não tem preço, não se vende. Aja com Honestidade, Honra, Autoridade Moral, Decoro, Respeito a si mesmo, Decência, Integridade, Brio e Lealdade -- para com seus comandados, e principalmente com a sua Pátria, que juramos defendê-la com o sacrifício da própria vida.
          Distribuir medalhas a inimigos corruptos é triste. Mais triste ainda é não exigir a sua devolução, apesar de vê-los na cadeia, presos por roubarem à nação.
         Escrever presidenta em documentos oficiais, como em uma Ordem do Dia, é demais (estão coniventes com uma guerrilheira imbecil, dando um péssimo exemplo a toda uma juventude. (É inimaginável, para qualquer comandante digno).
       Deixar de comemorar datas importantes da nossa história como a
​ 
Intentona comunista de 1935, ou a Contra Revolução de 1964 é muita
​ 
Subserviência.
       Transformar a tropa em soldados de favelas, é a desmoralização
​ 
total de uma instituição. Pior de tudo isso é o abandono de um filho, jovem Tenente, que, colocado como babá de marginais na favela, entregou um bandido a outros bandidos para levar uns apertos, sem nunca imaginar que iriam matá-lo. Pois bem, talvez tenha sido o único
​ 
brasileiro que ficou preso incomunicável.    
       Atualmente, a maior ignomínia contra o nosso Brasil é essa terrorista, ladra e traidora da pátria  querer acabar com as fronteiras que limitam nosso país, fruto de abnegados e ilustres portugueses e brasileiros,  demarcadores das fronteiras do nosso território pátrio, que juramos defendê-lo com o sacrifício da própria vida.
            Nesse sentido, espero que os próximos comandantes ajam
​ 
com honestidade, seriedade, competência, dignidade e respeito
​, 
não aceitando cumprir ordens absurdas. Foi assim que aprendi dos
​ 
meus superiores hierárquicos, desde a adolescência, quando ingressei
​ 
na EPC do Ar, da nossa gloriosa FAB. Foi assim também que ensinei
​ 
aos meus subordinados.
            Os presidentes são eleitos para cumprir a Constituição, e
​ 
não para roubar e trair a pátria.
            “Ordem Absurda Não se Cumpre.”
              Não Esmorecer Jamais!
              Abraços do amigo Engelbeg(76).  
 
  19/01/2015