MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Pinóquio de Saias diz que Petrolão é o primeiro escândalo de corrupção investigado no Brasil

Em entrevista abilolada, Dilma esquece o impeachmente de Collor, o Mensalão e diz que Petrolão é o primeiro escândalo de corrupção investigado no Brasil. Sabe de nada, culpada!

Abaixo, as frases proferidas por Dilma Rousseff na entrevista dada em Brisbane, Austrália, onde participa de reunião dos países do G-20, com comentários do Blog. O Petrolão chega cada vez mais perto das digitais de Dilma Rousseff. É só as investigações avançarem e o Congresso Nacional cumprir o seu papel. As frases de Dilma estão em itálico. As observações do Blog em negrito.
- Eu acho, de fato, que isso pode mudar o país para sempre. Em que sentido ? No sentido de que se vai acabar com a impunidade. Este é, para mim, a caracteriítica principal desta investigação. 
A presidente, cinicamente, passa por cima do Mensalão, o primeiro escândalo inteiramente produzido pelo PT, dentro do primeiro mandato de Lula. A impunidade acabou com a condenação da alta cúpula do partido da presidente. E com a sua prisão, mesmo que o governo tenha feito de tudo para impedir o seu julgamento, durante sete anos. E, não mais conseguindo, fez indicações ao STF de ministros alinhados com o governo, que reduziram a pena dos condenados, em vergonhosa revisão da sentença proferida. Ali o Brasil mudou para sempre. E vai continuar mudando porque o povo não aguenta mais, o povo esta começando a ir às ruas. 
- O Brasil não se abala por um escândalo
Um escândalo da proporção do que ocorre dentro da Petrobras não abala o país porque as pessoas humildes, a quem a presidente mentiu como nunca para se eleger em 2010, usando, segundo denúncias do principal delator do esquema criminoso, não conseguem fazer compreender a extensão dos danos ao país. Não é apenas o dinheiro roubado pelo PT. É o seu uso nefasto, comprando parlamentares para que eles aprovem projetos que visam apenas mais lucros para poucos e mais propinas para corruptos. Apenas o dinheiro roubado na Petrobras, estimado em bilhões, pagaria 10% a mais para a Bolsa Família, durante toda a sua existência. A frase da presidente, ao relativizar a roubalheira, é uma ofensa ao país.
- Não acho que nem a Petrobras, nem todas as empreiteiras…não dá para demonizar todas as empreiteiras desse país. São grandes empresas e se a,b, c ou d praticaram malfeitos, atos de corrupção, ou de corromper, eles pagarão por isso. 
Quanto cinismo! Estas empreiteiras, cujos donos estão presos, respondem por no mínimo 50% das obras do PAC . Certamente, mobilizam mais de R$ 200 bilhões em contratos com os cofres públicos. E em todas elas existe sobrepreço e esquemas criminosos de desvio de dinheiro do contribuinte. Basta que a presidente leia os relatórios do TCU e as constantes denúncias da CGU. O que ela deveria dizer é que o seu partido, o PT, empurrou o grupo das maiores empreiteiras para um esquema de corrupção onde a única escolha era pagar ou quebrar.
- Não tem como fazer isso. Não se pode achar que todo mundo cometeu delito. Isso não ocorre. Não é assim que a Justiça age. Para achar que alguém cometeu delito tem que ter indícios. Não vou sair por aí procurando todas as empresas.
Como assim? A presidente da República não  quer investigar todas as empresas? Por quê? A Polícia Federal e o Ministério Público, tampouco o juiz Sérgio Moro, encarregado do caso, não estão perseguindo ninguém. Estão juntando provas fornecidas pelos acusados. O que a presidente da República está sugerindo? Que a investigação não pegue todos os culpados? Está com medo que a lama suba, definitivamente, a rampa do Palácio do Planalto?
- E talvez sejam esses escândalos que não foram investigados que são responsáveis pelo que aconteceu na Petrobras.  
Não cola mais este discurso de dizer que outros não investigaram. Todos estes escândalos ocorreram dentro de governos do PT. Todas as obras são petistas e carregam a estrela vermelha do partido dos trambiqueiros e ladrões dos cofres públicos.Refinaria Abreu e Lima, obra de Lula e Chávez, Comperj, obra de Lula. Gasodutos, refinarias, usinas. Todos estes escândalos que deram mais de R$ 10 bilhões de prejuízo apurado até agora tiveram, além de tudo, a assinatura de Dilma Rousseff. Como Ministra das Minas e Energia. Como presidente do Conselho de Administração da Petrobras. Como ministra da Casa Civil. E como presidente da República. Não existe maior responsável, seja por envolvimento direto, seja por omissão, seja por incompetência, ninguém mais culpado do que Dilma Rousseff por toda esta roubalheira da Petrobras. É isto que deve ser apurado, doa a quem doer.
- Eu acho que mudará para sempre as relações entre a sociedade, o estado e as empresas privadas. O fato de nós, neste momento, estamos vendo isso investigado de forma absolutamente aberta é um diferencial imenso.
Não tem diferencial nenhum, presidente. O escândalo tomou proporções tão gritantes que é impossível escondê-lo. O governo bem que está tentando. Acabou com a CPI do Senado. Está boicotando de todas as formas a CPMI do Congresso. O Ministro da Justiça está ameaçando os delegados da Polícia Federal que estão conduzindo as investigações. O Procurador Geral da República está sendo nitidamente pressionado. O ministro do STF que está com o caso é um indicado pelo PT e sabe-se lá o quanto não estará sendo cerceado. Mesmo com tudo isso a imprensa, que a presidente e seu partido querem calar, tem revelado tudo, deixando o país estupefato com tamanha roubalheira na maior empresa do país.
- Quem praticou atos ilícitos vai ter que ser punido.
Sim, inclusive a presidente da República, em ficando provado que efetivamente sabia do que acontecia dentro da empresa onde ela sempre comandou desde o primeiro dia que o PT podre e corrupto subiu a rampa do Palácio do Planalto.
- Você não vai acreditar, não é, que nós tivemos (agora) o primeiro escândalo da nossa história. Nós tivemos o primeiro escândalo de nossa história investigado. Há aí uma diferença substantiva. 
Não, presidente. Nós tivemos o impeachment do Collor. E ao que tudo indica, poderemos o impeachment de um outro presidente. 
- É uma investigação que vai necessariamente colocar à luz todos os processo de corrupção, inclusive de uso internacional de algumas atividades. Isso ela vai.  
Já colocou, presidente. Um auditoria internacional não aceitou referendar o balanço da maior empresa brasileira, tendo em vista as fraudes contábeis. A entidade de proteção aos acionistas nos Estados Unidos da América colocou a Petrobras debaixo de pesada investigação, com tremendos reflexos no valor de mercado da empresa. Na Holanda, o Ministério Público já declarou que houve pagamento de milhões em propinas para a Petrobras. Se houvesse Justiça na Argentina, Bolívia, Venezuela, Angola e outros paisecos onde a Petrobras enterrou dinheiro, aí sim, teríamos o quadro completo da organização criminosa que o PT montou dentro da nossa jóia da coroa, da nossa maior empresa, do orgulho de todos os brasileiros.
- Não é monopólio da Petrobras ter processos de corrupção
Não é mesmo. Também tem escândalo na Eletrobras. Também tem escândalo em Furnas. Também tem escândalos nos Correios. Realmente, presidente, o PT conseguiu acabar com o monopólio da corrupção. Ela está socializada dentro de todas as empresas públicas do país, em nome de um projeto de poder.
- Nem todos, aliás, a maioria absoluta, quase, dos membros da Petrobras, não é corrupta. Agora, tem pessoas que praticaram atos de corrupção dentro da Petrobras. Mas não se pode pegar a Petrobras e condenar a empresa. O que temos que condenar são pessoas. Pessoas dos dois lados : corruptos e corruptores.  
Ninguém está condenando a Petrobras. Todos querem proteger o patrimônio da empresa expulsando os corruptos do PT lá de dentro. De lá para a cadeia.  O que a presidente deveria fazer é demitir toda a diretoria, colocar lá dentro uma equipe de investigação independente para estourar aquela caixa preta e sanear a empresa. Não vai fazer porque vai sobrar para ela. Ela, Dilma Rousseff, a que participou de tudo durante todos estes escândalos.
- Você há de convir que essa questão da Petrobras já tem um certo tempo. Então, nada disso é tão estranho para nós. Nós não sabíamos as pessoas concretas. Mas a investigação nós sabemos dela. Nós temos conhecimento da investigação. 
A presidente deveria parar de mentir diante dos fatos. As "pessoas concretas" são muito conhecidas, pois ela, Dilma Rousseff, negocia cada cargo dentro da máquina pública diretamente com os donos dos partidos. Sabe muito bem quem indicou e para que indicou. Ela que compra, como última palavra, esta base podre e nojenta que sustenta o seu governo. Que a presidente não se faça de tonta e abilolada. As suas digitais estão cada vez mais aparentes e escancaradas na roubalheira da Petrobras. E o impeachment não é mais apenas uma remota possibilidade. Ele fica cada vez mais concreto, pois donos de empreiteiras vão dar o nome de cada político. E cada político vai dar o nome de quem assinou embaixo autorizando o roubo. 
Postado por O EDITOR às 09:01:00 comentários