MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Esquerda caviar quer cassar título Doutor Honoris Causa concedido a Jarbas Passarinho

Os sem causa e sem honra!
Caros amigos
A “esquerda caviar”, em mais uma de suas atitudes ridículas e incoerentes, propõe a cassação do título de Doutor Honoris Causa concedido pela UNICAMP ao Coronel Jarbas Passarinho, em 1973!
Atitude digna de quem se afoga em mentiras e contradições e que não encontra argumentos decentes para dar continuidade a uma exasperada e inútil tentativa de demonizar os militares.
Considerando que os “predicados” do Sr Luiz Inácio Lula da Silva lhe proporcionaram vários desses títulos e se não fosse pela descortesia para com os integrantes do Conselho Universitário que, em 5 de agosto, mantiveram a outorga, era o caso de sugerir ao homenageado o envio do documento aos signatários do abaixo assinado para que fizessem com o “papel” a higiene do que sobra das “obras” que resultam do esforço de cada um para fazer algo que sirva, pelo menos, de adubo!
A alegação de que a manutenção da honraria, concedida há mais de 40 anos, “afronta todos os que prezam os direitos humanos, as liberdades democráticas e o pensamento crítico” não encontra guarida na lógica nem na realidade do que vivemos hoje quando os vemos diuturnamente ameaçados, agredidos e desrespeitados!
Dizer que a trajetória pública de Jarbas Passarinho é a negação de valores como o debate político, a produção cultural, a livre pesquisa científica e a defesa dos direitos humanos, é mais do que ultrajante, é deboche da inteligência, da cultura, do conhecimento e da verdade!
Ao insistirem em falar pejorativamente dos “legados da ditadura militar”, demonstram que, mesmo tendo os olhos na nuca, não enxergam o próprio rabo e, ao tentar denegrir a imagem de um homem com a cultura e a folha de relevantes serviços prestados à Nação como a do Coronel, Senador, Governador e Ministro Jarbas Passarinho, põem em cheque a sua honestidade de propósitos e os títulos de formação que ostentam!
Ao se abaixarem para assinar tamanha estultícia e antes de prosseguir na vereda da leviandade, deveriam pensar em devolver seus próprios títulos, já que a sua atitude e a sua argumentação demonstram que não possuem nem honoris” e muito menos causa” para ostentá-los!

General-de-Brigada Paulo Chagas