MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

quarta-feira, 16 de março de 2011

Depoimento de um militar que participou da Guerrilha do Araguaia

Recebi e repasso para que saibam a verdade sobre a guerrilha do Araguaia.
Mais um companheiro militar corajoso da FAB, narrando sua participação igual a mim, na guerrilha contra as Forças Guerrilheiras do Araguaia (FOGUERA) do Partido Comunista do Brasil (PC do B).
Que nossos Comadantes (Chefes) atuais. analisem e que a critério de seus livres arbítrios, regulamento militar, juramento militar e HONRA MILITAR que Ministro do Exército em 31 de Março de 1981 regulamentou, cumpram:

HONRA MILITAR

"ESTAREMOS SEMPRE SOLIDÁRIOS COM AQUELES QUE, NA HORA DA AGRESSÃO E ADVERSIDADE, CUMPRIRAM O DURO DEVER DE SE OPOREM A AGITADORES E TERRORISTAS DE ARMAS NA MÃO, PARA QUE A NAÇÃO BRASILEIRA NÃO FOSSE LEVADA A ANARQUIA".
BRASÍLIA-DF, 31 de Março de 1981.
General de Exército, WALTER PIRES DE CARVALHO E ALBUQUERQUE - Ministro do Exercito.

Respeitosamente.
Tenente Vargas - SELVA!


Guerrilha do Araguaia

http://espacoeducar-liza.blogspot.com/2009/08/cancao-do-soldado-hino-do-exercito.html

Retransmito aos veteranos fabianos de minha relação a mensagem abaixo
recebida do Veterano Catalineiro Alfredo

Veterano Catalineiro Ferreira

Joao Alfredo

*Excelentíssimo Senhor General MADEIRA*
*Comandante da 23ª Bda. Inf. Sl*
* *
*Saudações Militares*
* *
*Li carta do Rondonista Thiago Rempel, mensagem encaminhada pelos amigos
Coronel Aviador Tarcísio Gabriel Dalcin e Suboficial Aeronáutica Francisco
de Assis Ferreira, em cujo conteúdo o autor revela amor à Pátria
reconhecendo o VALOR MILITAR assinalado na mesma. Mais do que isso,
despertando o orgulho de cada de serem brasileiros, e por terem um dia
jurado defender a honra, integridade e instituições de nosso País com o
sacrifício da própria vida.* Saber que temos pessoas com esse orgulho de ser
brasileiro faz com que tenhamos esperança por uma Força Aérea Brasileira e
um Brasil cada vez mais desenvolvido. Enaltecer a ética e a dignidade dos
cidadãos que ora vestem suas fardas e honram suas instituições, fortalece os
conceitos patrióticos na sociedade e eleva o moral necessário à imagem
incólume das Forças Armadas.
*Da mesma forma que o pai do Rondonista, participei na luta contra a
Guerrilha do Araguaia quando o Exército Brasileiro com apoio da Aeronáutica
fez o que lhe competia derrotando aqueles que se julgavam capazes de mudar a
estrutura política do Brasil à luz de ensinamentos bélicos obtidos em cursos
no exterior*
* *
*Participei de dezenas de missões em Xambioah desde 1972 quando as
viagens do 1º Esquadrão de Transporte Aéreo da Base Aérea de Belém, nas
viagens para Brasília, começaram a pousar em Xambioah tanto na ida como na
volta de Brasília para Belém.*
*A primeira operação militar para Xambioah que participei, foi no dia 27/10/
1973 no C-47 2032 com o Maj Av DRUMMOND e Ten Av BIAVATI . Lamento não
lembrar o nome do Mecânico desse voo. Fizemos várias pernas Xambioah/Marabá
e retornamos para Belém. Missões apoiando o 1º EMRA que tinha uma Base
Operacional em Xambioah operando com os helicópteros UH-1H e também as
aeronaves T-6 e os L-19. *
*Inicialmente em 1969 os T-6 e L-19 formavam o 1º ERA, Esquadrão de
Reconhecimento e Ataque da Base Aérea de Canoas/RS que recebendo os
helicópteros UH-1H formaram o 1º EMRA, Esquadrão Misto de Reconhecimento e
Ataque, vieram para a Base Aérea de Belém em novembro de 1972 para as
missões de resgate tanto na selva como no mar, missões de infiltração de
tropas, utilizando técnicas de rapel, pouso de assalto, etc*
*Na fase dos combates, no início de 1974 foram adotados procedimento tais
como lançamento de panfletos concitando os optantes de luta armada a se
entregarem com a garantia de julgamento justo e tratamento humno.*
*Não surtiu o efeito desejado. *
* No dia 20/03/1974, Comandado pelo Ten-Cel Av KUHNER e tendo como
tripulantes Cap Av CABRAL, mecãnico 1S QAV PRATA e radiotelegrafista 3S RTVO
ALFREDO, o C-47 2011 enterrou em atoleiros durante o táxi na pista de
piçarra de Xambioá. Ficamos dois dias até tirar a aeronave do atoleiro.
Pousada para pernoitar no acampamento do 1º EMRA, na mata próxima da pista,
de onde tínhamos informações da presença de guerrilheiros nas cercanias e o
fogo da guerrilha como companheiro.*
*Muitas outras missões fizemos nos C-47 do 1º Esquadrão de Transporte
Aéreo, onde atuei como radiotelegrafista. *
**
*Manifestando meus sentimentos amazônidas, é que dirijo esta mensagem aos
integrantes do 52º Batalhão de Infantaria de Selva. *
* *
*Um Grande Abraço*
*Vamos Pedir a Deus Todo Poderoso que possa ocorrer uma administração
federal com qualidade de ações e obras humanas que lhe confira caráter moral
e que de maneira nenhuma afete os militares, a nós Soldados da Pátria
Brasileira.*
* *
*Atenciosamente*

*Forte e Afetuoso Abraço*
* *
*Suboficial Ref. Aer. João ALFREDO de Oliveira*
*1º Secretário da Associação Brasileira de Catalineiros - ABRA-CAT *
**
*S E L V A !!!*