MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

quarta-feira, 16 de março de 2011

Chico Dólar narra sua história; vem aí Bacaba II.

Chico Dólar e seu livro Bacaba



Prezado Ten Vargas: Gostaria de saber se você é da ativa ou da reserva e, se achar conveniente dizer, onde serve, se for o caso, pois lhe tenho na minha lista de correspondentes e pouco sei a seu respeito. Peço também informar se deseja ou não, continuar a receber meus e-mails.

Abs.

Gen Ex José Carlos.

Prezado Guerreiro e Chefe General José Carlos Leite Filho, Bom dia!

Em primeiro lugar muito obrigado pelo seu contáto e pelas lindas e interessantes mensagens que tem enviado as quais gostaria de continuar recebendo. Respondendo as suas perguntas:

- Sou oficial da reserva subordinado a SIP/9 - CMO em Campo Grande-MS.
- Sou Bacharel em Direito.
- Sou 2º Ten QAO - José VARGAS Jiménez, com 62 anos, já aposentado desde 1994 a meu pedido, com 46 anos.
- Escrevi o livro BACABA - Memórias de um Guerreiro de Selva da Guerrilha do Araguaia em 2007. Este livro teve uma repercusão enorme, para saber mais sobre mim, acesse o site: www.google.com.br e pesquise: Livro Bacaba, Chico Dólar e José Vargas Jiménez. Para uns eu sou assassino, torturador, etc. e para outros sou herói. Analise.
- Estive na guerrilha do Araguaia na última "Operação Marajoara", a qual vencemos os guerrilheiros das Forças Guerrilheiras do Araguaia do PC do B. Combati junto com o Capitão "CURIÓ", na época eu era 3º Sgt e comandava 10 homens, um grupo de combate.
- Fui homenageado pelo Cmt do CMO com a Medalha de Pacificador dom Palma de Ouro.
- Ganhei as medalhas de 10 e 20 anos de serviço e a da Amazônia por ter servido lá 10 anos.
- Em 1981 fiz a EsNI em Brasília-DF, 6 meses, depois não mais vesti farda, trabalhei no Serviço de Inteligência do Exército até pedir minha reserva em 1994, quando fui promovido a oficial.
- Resolvi escrever o meu livro para contestar estes terroristas/comunistas que hoje estão no poder e querem mudar a história do Brasil, mentindo, dizendo que lutaram contra nós do regime militar para impôr uma Democracia, queriam sim impôr o Comunismo (Ditadura do Proletariado).
- Por causa de meu livro fui três vezes ao Congresso Nacional, na Câmara do Deputados em Brasília-DF, onde eles acharam que iriam me usar, eu os contestei e os peitei, fui muito vaiado e ameçado de ser processado, preso e morto, pelos Deputados e pelas famílias dos terroristas que se encontravam nas audiências. Pela minha experiência no serviço de Inteligência (EsNI) levei gravador e gravei tudo, porque os jornalistas só fazem reportagens que interessam aos políticos os quais lhes pagam para isso. Se eu não tivesse gravado eu estaria comprometido com nosso EB, no entanto eu mandei a gravação para a EsNI, onde trabalhei por 14 anos e a divulguei na Internet, o que me deixou tranquilo.
- Estou lançando agora em Junho ou Julho/11 o meu segundo e último livro, BACABA II - Toda a Verdade sobre a Guerrilha do Araguaia e a Revolução de 1964. Para homenagear os 16 militares que morreram na Guerrilha, em especial ao Cabo Odílio da Cruz Rosa (Cabo Rosa), primeiro militar a ser assassinado pelos guerrilheiros do PC do B, ele estará na capa de meu livro. Também nele constarão todas as operações da Guerrilha do Araguaia realizadas pelo EB (sem entregar nosso glorioso EB), até a última da qual participei (Operação Marajoara), quando eles foram derrotados. Também divulgarei a grande repercusão de meu primeiro livro e alguns dossiês que levei dos terroristas/comunistas que hoje estão no poder (Dilma, Tarso Genro, Paulo Vannuchi, Carlos Minc, José Dirceu, Jenoino, Franklin Martins, etc.) e os entreguei ao Presidente da Comissão dos Mortos e Desaparecidos Políticos e por último um resumo da revolução de 1964 onde publicarei a relação de todos os civis e militares que "ELES" terroristas/comunistas assassinaram. Eles só divulgam os que nós matamos na guerra.

Espero ter respondido e esclarecido o que me solicitou.

Respeitosamente.

Tenente Vargas - SELVA


OBS: Para solicitar o meu livro:
Meus telefones: (67) 3365-6844 e Cel (67) 9958-5043 ´Resido em Campo Grande-MS
Meus emails: vargasjimnezjos46@gmail.com e chicodolar60@yahoo.com.br



RESPOSTA:

Prezado Ten Vargas:

Obrigado pela sua pronta e esclarecedora resposta. Vejo, agora, que já conhecia muito a seu respeito; apenas não lhe identificava. Parabéns pelos seus antecedentes e pela luta contínua por um Brasil melhor!

Gen Ex José Carlos.


Obs.: Para conhecer o livro BACABA, leia o fichamento que eu fiz em http://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.php?cod=8994&cat=Ensaios&vinda=S.

Para conhecer o teor da Audiência Pública de Chico Dólar na Câmara dos Deputados, clique em http://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.php?cod=3712&cat=Discursos&vinda=S.

Para ler a entrevista de Chico Dólar publicada na revista Istoé em 12/11/2008, clique em http://blog.zequinhabarreto.org.br/2008/11/14/a-tropa-do-extermnio/ (F. Maier).


Chico Dólar recebeu a Medalha do Pacificador com Palma