MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

quarta-feira, 29 de setembro de 2010

Quem comeu sapo, engole perereca...



O retorno de Argos, o ET de 100 olhos

Félix Maier

21/09/2010

Em 2002, Argos, a arguto ET de 100 olhos, oriundo da Constelação de mesmo nome, esteve em visita à França e ao Brasil, para conhecer os respectivos sistemas eleitorais (Cfr. http://www.digestivocultural.com/colunistas/coluna.asp?codigo=749&titulo=Argos,_o_ET_de_100_olhos).

Em setembro de 2010, Argos voltou ao Brasil e concedeu a seguinte entrevista exclusiva.

- Argos, o que você acha das atuais eleições?
- Em 2002, eu observei que todos os candidatos a presidente do Brasil eram de esquerda. E agora?
- São todos também de esquerda, com o detalhe de que em 2010, como em 2006, há 3 petistas: Dilma Rousseff, Marina Silva e Plínio de Arruda Sampaio. Para enfrentar o bobo da corte da vez, também esquerdista, que se chama José Serra.
- Mas Marina e Plínio são de outros partidos, não são petistas.
- Ora, Argos, uma vez petista, sempre petista. Você acha que Marina e Plínio iriam apoiar quem, se houvesse 2º turno?
- Então não haverá 2º turno?
- Com a máquina de triturar carne adversária de Lula para apoiar Dilma, e com os institutos de pesquisa manipulados, a futura presidenta já disse que nem Cristo irá impedir que ganhe.
- Presidenta?
- É como Dilma gostaria de ser chamada. Rima com sargenta e rabugenta.
- Sei que Lula tem alto índice de popularidade. Tomei conhecimento da corrupção do governo Lula, no caso do Mensalão. Por que Collor sofreu impeachment e Lula, não?
- Ora, Argos, você não está sendo arguto. Ocorre que Lula é blindado por teflon, assim como era o presidente Reagan, dos EUA. Nada cola nele. O mísero operário de 9 dedos tornou-se inimputável, assim como são inimputáveis os loucos, as crianças e os índios – além dos petistas em geral.
- E a OAB, o que disse de Lula?
- Como você sabe, Argos, a OAB, a ABI e um órgão positivista de Curitiba exigiram o impeachment de Collor, mas se calaram covardemente no caso Lula, o Chefão do Mensalão.
- Por quê?
- Esses órgãos são todos esquerdistas e corporativistas por natureza. Veja a OAB: foi a favor da Lei da Anistia, aprovada em 1979, mas tentou modificá-la recentemente, para punir apenas supostos “torturadores” dos governos militares, deixando de fora sequestradores e terroristas de esquerda. Por sorte o Supremo não entrou no esquema de caça às bruxas, insuflado pela dupla bolchevique Tarso Genro-Paulo Vannuchi.
- Há motivos para Lula ter 80% de aprovação?
- Nenhum motivo. Mas, com uma propaganda ufanista e mentirosa, atingindo corações e dementes 24 horas por dia, o resultado não poderia ser outro. A propaganda milionária do pré-sal, cujos poços não produzem ainda nenhuma gota de petróleo, faz esquecer que as estradas estão esburacadas, a Saúde na UTI, a Educação no buraco, a Segurança Pública entregue a traficantes e milícias.
- Mas como explicar isso?
- Não há explicação. No primeiro governo Lula, o Brasil só cresceu mais que o Haiti, então em plena guerra civil. O fato mais importante naquele período, como já dito acima, foi o episódio do mensalão, a compra de votos de parlamentares para tocar o governo petista. O episódio levou à queda do araponga cubano-brasileiro José Dirceu, que colocou em seu lugar a “companheira d’armas” Dilma Rousseff na Casa Civil. Como você sabe, Argos, o Brasil, em 2009, andou como caranguejo: para trás. Assim, em relação ao ano passado, os índices de 2010, assentados em uma pequena arrancada econômica baseada em financiamento farto para moradia, automóveis e outros bens de consumo, são quase iguais aos da China. A propaganda ufanista do governo soube aproveitar a situação. Enquanto isso, todos esquecem que a dívida pública quase triplicou sob o comando de Lula, está por volta de R$ 2 trilhões! Deve estourar a qualquer momento, devido aos altos juros, os maiores do mundo.
- E como Lula saiu da encrenca do mensalão e conseguiu se reeleger?
- O tempo, Argos, o tempo. O povo esquece fácil sobre a vida dos políticos. Muitas vezes, até aprova falcatruas, reelegendo corruptos notórios. Sem falar na tentativa petista de censurar a imprensa e a mídia, como a criação do Conselhão de Jornalismo. Felizmente, os jornais e as emissoras de TV caíram de pau em cima do modelo cubano-chavista e a coisa não prosperou. O então Secretário de Comunicação Gu-Shi-Ken quis até distribuir uma cartilha politicamente correta à população, em que praticamente criminalizava palavras como “veado” e “cabeça chata”.
- Mas como Lula saiu ileso?
- Por vários motivos. Primeiro, porque os ditos movimentos sociais, como o terrorista messetê, e principais organizações da sociedade civil são todos esquerdistas e muito bem organizados, de modo que já se infiltraram em todos os setores públicos. Não iriam atacar Lula, que, cinicamente, sempre repetiu que “não sabia de nada”. Além dos 40 ladrões do mensalão, faltou o Supremo incluir Ali Babaca, aquele que finge que não sabe de nada.
- E a oposição, o que fez?
- Em segundo lugar, Argos, a oposição que existe é a oposição que o PT sempre pediu ao diabo. O então presidente do pefelê, hoje Democratas, preferiu não fazer nada e deixar Lula “sangrar” politicamente até a morte.
- Você está falando do Bornhausen?
- Isso mesmo, Argos, meu conterrâneo de Santa Catarina. Um político que se apresentava como raposa velha não passou de um político provinciano que nunca entendeu a desgraça que significa o petismo. O castigo virá logo para essa falsa oposição: o Dem vai se tornar um partido nanico.
- E não houve reação da sociedade contra o mensalão?
- Houve, sim, Argos. O messetê, a UNE e a CUT, organizações-pelego de Lula, fizeram uma passeata em Brasília, em apoio a Lula e a maracutaia petista.
- Você falou em Democratas. Por que o PFL mudou de nome?
- Passado o episódio do mensalão, o povo esqueceu tudo e passou a apoiar Lula, que aumentava a sua popularidade quanto mais denúncias contra o governo apareciam. O pefelê, formado por liberais “que não ousam dizer seu nome”, mudou o nome para Democratas. No atual estágio do fascismo brasileiro, a palavra liberal virou palavrão. Tem até empresário de São Paulo se filiando a partido socialista.
- E o que o Democratas ganhou?
- O único fato de relevo que os covardes conseguiram foi a cassação do único governador eleito pela sigla, José Roberto Arruda, do Distrito Federal, que foi flagrado recebendo maços de dinheiro, como propina, perdeu o cargo e passou uns tempos no xilindró da Polícia Federal.
- O PT não deixou Arruda “sangrar” até a morte...
- Não, Argos. Com o Petistério Público trabalhando a favor da petezada, não tem erro. Os adversários políticos pegos com a munheca no dinheiro alheio são tratados como bandidos. Os amigos bandidos são chamados por Lula de “aloprados”.
- Aloprados? Como assim?
- Nas vésperas das eleições presidenciais, em 2006, a polícia flagrou bandidos petistas em um hotel com uma montanha de dinheiro, que seria para vender a uma revista um dossiê falso sobre José Serra, candidato a governador por São Paulo, e Geraldo Alckmin, candidato presidencial – o bobo da corte de então. O objetivo era “melar a eleição”. Na ocasião, Lula apelidou os companheiros bandidos de “aloprados”
- E os aloprados foram presos?
- Nem me lembro mais, Argos. Se foram presos, logo foram soltos, como acontece sempre no Brasil, a superpotência da impunidade. Até hoje a Polícia Política Federal do Comissário do Povo Tarso Genro não sabe a origem de tanto dinheiro.
- Quer dizer que uma montanha de dinheiro derrubou Roseane Sarney, em 2002, mas não conseguiu derrubar Lula em 2006?
- O máximo que ocorreu na ocasião foi Lula ir para o 2º turno, quando Alckmin conseguiu obter ainda menos votos que no 1º turno. Como eu disse, o povo esquece logo. Aliás, teve um outro fato que ajudou Lula no episódio dos aloprados: caiu um avião da Gol matando mais de 200 pessoas, e as TVs e jornais não diziam outra coisa naquela ocasião. Ah! Ia-me esquecendo. A queda da Roseana, em 2002, foi tramada por petistas.
- Você disse que existe fascismo no Brasil. Como assim?
- Ora, Argos. Quando todos os setores da sociedade estão cooptados com um partido e com o poder central, ou com uma personalidade, como Lula, quando não existe oposição efetiva, você pode chamar tal fato de fascismo. Os sindicatos foram todos cooptados, muitos de seus caciques hoje ocupam cargos relevantes e têm orçamentos bilionários. Até a Força Sindical, antiga oponente da CUT, aliou-se ao governo petista. A estudantada não pinta mais a cara, como na ocasião da derrubada de Collor, mas apoia a corrupção petralha. São os “balilas” do Mussolini de Garanhuns. O messetê não é considerado grupo terrorista, mas o braço armado do PT, e em poucas horas tem capacidade de colocar 3 milhões de baderneiros nas ruas. Hoje, muitos líderes do messetê são chefetes do INCRA e orientam os falsos sem-terra sobre quais fazendas devem ser invadidas. As crianças do messetê, desde tenra idade, são doutrinadas na revolução comunista. São os “filhos da loba” do Duce petista. Os bispos vermelhos da CNBdoB querem realizar plebiscito para limitar o tamanho das propriedades rurais. Os empresários se filiam a partidos socialistas, para obter as benesses do governo, incluindo os donos de TVs. As empreiteiras do PAC não têm reclamações a fazer, nem os banqueiros, que lucram como nunca. Se não há oposição e existe unanimidade em torno da ideologia do Grande Líder, como não falar em fascismo? É uma espécie de gay fascism, o povo todo “alegre” e satisfeito com o Duce cucaracha.
- Você falou em petralha...
- Na definição do jornalista e escritor Reinaldo Azevedo, articulista e blogueiro da revista Óia, petralha significa a junção das palavras “petista” com “Irmãos Metralha”. Ele até escreveu um livro sobre o assunto, O País dos Petralhas. Petralha é, portanto, o petista que mete a mão no dinheiro público. Mas, por dever de justiça, deve-se dizer que todo petralha é petista, mas nem todo petista é petralha. Como os dinossauros, os petistas se dividem em carnívoros e herbívoros. A diferença é que os petistas herbívoros eventualmente também comem carne...
- Você está sendo irônico...
- É, Argos, num país onde a moral e os bons costumes foram jogados no lixo, a corrupção foi institucionalizada e a argumentação lógica não serve para nada, sobrou a ironia.
- E como foi a política de Lula em geral, no Brasil e no exterior?
- No Brasil, foi a política do créu: os impostos não deixaram de aumentar, principalmente para a classe média, para fazer caixa para o programa do Bolsa Família, o maior programa de voto de curral do universo, já que é direcionado a mais de 12 milhões de famílias – o que é um absurdo, já que a obesidade é um problema sério para o Brasil, não a fome. No exterior, foi a política do rebolation, com abaixadinha do derrière até o chão: rebolation na relação umbilical com Fidel Castro; rebolation nos encontros secretos com Hugo Chávez, para implementação dos objetivos do Foro de São Paulo, que pretende comunizar toda a América Latina; rebolation na revisão do Tratado de Itaipu, aumentando a conta de nossa luz, para salvar a vida política do bispo pedófilo presidente do Paraguai; rebolation no caso das refinarias da Petrobras na Bolívia, tomadas na mão grande pelo Exército boliviano; rebolation na relação amistosa com ditadores africanos e árabes, além do camarada Ahmadinejah, do Irã. E dá-lhe dinheiro, a fundo perdido, para toda essa companheirada.
- E o FMI?
- Pois é, Argos. Antes, os petistas demonizavam o FMI, com apoio dos bispos vermelhos. Depois que Lula assumiu o governo, pagaram a dívida junto àquele organismo da ONU e não se fala mais no diabo. Recentemente, Lula até emprestou dinheiro ao demônio.
- E a dívida externa, foi toda paga?
- Os petralhas espalharam o boato de que a dívida externa foi paga pelo governo Lula. Mentira. Ela até aumentou mais um pouco.
- Já existem exilados da era Lula?
- Não só exilados, como também asilados políticos. Lula recebeu de braços abertos os terroristas Cesare Batisti, da Itália, e Olivério Medina, o “Cura Camilo”, embaixador das FARC (Colômbia) no Brasil, ambos requisitados pela Justiça dos respectivos países. O governo Lula também produziu alguns exilados, que se refugiaram no exterior, por estarem sendo perseguidos no Brasil. O filósofo e escritor Olavo de Carvalho trabalha atualmente nos EUA, como correspondente do jornal Diário do Comércio, de São Paulo, já que foi despedido de todos os jornais e revistas em que trabalhava no Brasil. O evangélico Júlio Severo teve que se refugiar na Europa porque estava sendo perseguido pelo movimento gay, por ter publicado um livro sobre o assunto. Bruno José Daniel Filho e sua esposa se exilaram na França, com medo de serem torturados até a morte como ocorreu com o ex-prefeito de Santo André, Celso Daniel. Yves Hublet, aquele que deu bengaladas no cocoruto de José Dirceu, no Congresso Nacional, exilou-se por uns tempos na Bélgica e voltou ao Brasil recentemente, onde teve uma morte suspeita. A esposa do radialista e jornalista de TV Jorge Cajuru foi estuprada por um político de Goiás e teve que fugir do País para não morrer. Cajuru também denunciou no Programa Raul Gil que o Ministro da Propaganda Franklin Martins, o Goebbels do governo Lula, dá propina a emissoras de rádio do interior do Brasil, para falar bem do governo. Se o locutor falar mal, a mesada é cortada. Lula criou duas TVs governamentais, a TV Brasil, mais conhecida como TV Lula, e a TVT, a TV dos Trabalhadores. As TVs têm tanto prestígio quanto o candidato do PSol a presidente, dá só traço, mas quem se importa com os milhões gastos na brincadeira?
- E a Dilma, não há nada que manche sua biografia?
- Não, Argos. A oposição de mentirinha esqueceu de lembrar ao povo brasileiro que Dilma, além de ter sido uma terrorista e assaltante do cofre do Adhemar de Barros, é uma mentirosa à altura do “maior mentiroso do Brasil” (clique no Google para descobrir quem é...). Além de manter no site oficial um título acadêmico que não tinha obtido na Unicamp, Dilma mentiu no caso do dossiê montado na Casa Civil contra FHCannabis e sua esposa Dona Ruth, logo depois que surgiu o escândalo dos cartões corporativos. Mentiu também quando disse que não recebeu no Palácio do Planalto a antiga Secretária da Receita Federal, Lina Maria Vieira, a quem ela pediu para “aliviar” as investigações sobre a vida financeira de um filho de José Sarney. Aliás, Lina Vieira também pretende se exilar, já que continua sofrendo ameaças da petralhada.
- Como explicar a liderança da candidata criada por Lula, já que o partido dela pretende fazer do Brasil uma Cuba continental, como está previsto no Plano Nacional de Direitos Humanos (PNDH-3) elaborado por Dilma Rousseff, Tarso Genro e Paulo Vannuchi?
- É, Argos. Vejo que você está por dentro das coisas...
- Pra que eu tenho estes 100 olhos?
- Ora, Argos, “quem comeu sapo, engole perereca”, já diz uma marchinha de carnaval (Cfr. www.youtube.com/watch?v=B2sXPmdsImM). Depois do sapo barbudo, por que não uma perereca de bigode, mas com cara alisada pelo PAC?
- PAC?
- Processo de Alisamento da Cara, com cirurgia plástica. Você reparou a cara do Serra nestas eleições? Não são de um pé-na-cova?
- Você tem razão. A imagem é tudo na TV. Por isso Dilma está disparado na frente.
- E Serra foi escolhido mais uma vez para perder. Já no primeiro programa de TV, ele apareceu para elogiar Lula. Assim, por que votar nele e não em quem o presidente está indicando? Mais uma vez está provado: o PSDB é irmão siamês do PT. Anos atrás, havia até estudos para unir as duas siglas, com apoio de Lula, como afirmou Ricardo Kotscho no livro Do Golpe ao Planalto.
- Priismo à vista?
- Com certeza, Argos. Se nada for feito para barrar o assalto avassalador ao Estado brasileiro, o PT e aliados poderão se tornar o novo PRI mexicano, que ficou no poder o mesmo tempo que os bolcheviques na União Soviética: 70 anos.
- Setenta anos de PT?
- Ninguém merece, Argos. Mas quem aguentou 8 anos de “luluzela”, pode aguentar qualquer coisa durante décadas.
- “Luluzela”?
- É a combinação da palavra “Lula” com “vuvuzela”, aquela corneta de corno que infernizou os jogos de futebol na Copa da África do Sul. Tenho amigos que sofrem mal-estar profundo só em ouvir a luluzela, uma mistura de voz de cachaceiro com cuspe grosso. Esses amigos, se não desligam logo a TV, têm que correr ao banheiro, com mais um ataque de diarreia. Eu, p. ex., sinto uma azia danada ao ouvir a luluzela. O sal-de-frutas Eno é que tem me salvado a vida.
- E as últimas acusações envolvendo pessoal da Casa Civil e dos Correios?
- Ora, Argos, Lula e Dilma estão corretos: trata-se apenas do desespero do candidato tucano e acusação falsa da elite branca de olhos azuis dos donos de jornais e TVs. É apenas mais um chororô da oposição...

E Argos partiu de volta à sua Constelação, triste em saber como o país do futuro, o Brasilistão – bantustões de guetos indígenas, quilombolas e messetê -, foi tomado pela bandidagem política. E o povo, alienado, apóia as maracutaias petistas sem restrições, dentro da máxima da Lei de Gerson, “leve vantagem você também”. Argos ficou em dúvida: esse povo é idiota útil ou patife assumido? Eu fico com a segunda opção. É o resultado natural para quem vê as novelas da TV Globo durante 40 anos e foi doutrinado, nas últimas décadas, pela revolução cultural gramsciana nas escolas e universidades.

Já dentro do disco voador, pude ouvir a marchinha “quem comeu sapo, engole perereca”, que eu havia gravado num pendrive e doado a Argos. E Argos acompanhava, em voz alta:

- Eureka! Eureka! Quem comeu sapo, engole perereca! (bis)
P. S.: A última prova de que o governo Lula é um governo fascista foi a escolha do filme Lula, o Filho do Brasil, para representar nosso País na disputa pelo Oscar de melhor filme estrangeiro. Uma vergonha!
"Até o filme que vai representar o Brasil na disputa do Oscar é o que endeusa Lula, contrariando a pesquisa feita pelo próprio Ministério da Cultura, que o indicou, quando classificara o filme "Nosso Lar" (70,0%, 88.956 votos), favorito, e que é sucesso de bilheteria, seguido por "Chico Xavier" (12,0%, 14.888 votos), "Os Famosos e os Duendes da Morte", "O Grão" e "Antes que o mundo acabe". "Lula, o Filho do Brasil" ficou em sexto lugar (1,0%, 1.647 Votos)."
Trecho do texto Dilma Pepino, de autoria de Ernesto Caruso

Dilma PEPINO

Ernesto Caruso, 27/09/2010

Sem levar em consideração o passado terrorista da candidata Dilma, mérito ou demérito de acordo com os sentimentos e propósitos de cada um, ter roubado ou não o cofre do Ademar, valores que alguns não consideram nos dias de hoje, nem os escândalos sucessivos tão próximos do presidente Lula que excretam da cúpula do seu governo, se aromatizam nas narinas das pesquisas e não sujam, como se tenta propagar, os panfletos pouco absorventes com suas faces sorridentes do dever cumprido. Verso e anverso límpidos e mãos sujas da “justificada” expropriação em nome da causa e da bolsa/do bolso.
Roubo, mortes, assassinatos se tornaram tão comuns que o justiçamento virou moda e não incomoda a não ser aos órfãos, viúvas e familiares que por medo fogem das favelas ou do país.
Mas, pepino, por quê?
A ex-ministra Dilma se apresentava sisuda, cara marrada (de marrar, arremeter com os chifres; à feição própria do confronto entre os cornígeros, marrento/a). Depois que foi indicada e bastante divulgada como candidata a presidente, antes de todos, em despudorada afronta à legislação eleitoral, teve um sorriso esculpido, delineado mais do que o da Mona Lisa para temperar a sisudez e torná-la simpática. (Observe a foto)
Dilma não é só continuidade do governo é a essência desse governo na área interna, reforçada, realimentada e conjugada com os desígnios/projetos de MAG toptop na política externa.
Lula obcecado pelo poder deixou o cargo de presidente, abdicou das viagens ao exterior, e não vê outra maneira de manter o seu prestígio, primeiro junto ao PT, ao impor a candidatura de Dilma, etapa já superada, e agora agredindo as normas de boa conduta e a legislação, desrespeita a faixa presidencial e volta ao palanque para se auto-afirmar que é o todo poderoso. Presunçoso e ameaçador.
Dilma representa a continuidade do fracasso registrado no apoio a Zelaia que pretendia se perpetuar no poder ao arrepio da Lei Magna de Honduras; um fiasco da diplomacia dos trapalhões por meses e meses no picadeiro, sem o encantamento e a luz de um Cirque du Soleil.
Será a continuidade do escárnio aos opositores de Fidel Castro que se imolam nas greves de fome, clamando por liberdade em Cuba — Ilha Grande do Caribe. Se algum atleta cubano, como foi com os pugilistas, tentar obter asilo, será naturalmente devolvido com sorriso esculpido e brilho nos olhos. Mas, se outro terrorista condenado tipo Battisti (solução que aguarda o resultado das eleições) aportar neste Brasil, sublinhado de vermelho, será abrigado em colo largo e acolhedor.
Será a continuidade dos elogios à “democracia” de Hugo Chávez que amordaça a imprensa, fecha emissoras e prende seus proprietários e até juízes, como no caso da juíza Maria Lourdes Afiuni, presa em dezembro de 2009, meia hora depois de conceder liberdade ao banqueiro Eligio Cedeño, ex-aliado e acusado de fraude no sistema de câmbio. Chávez já declarou a sua solidariedade à candidata e “correligionária” Dilma. Lula confidencia a Chávez em 26/05/09, globo.com, Salvador/BA, "Se eu conseguir eleger a Dilma ... vou ser o presidente da Petrobrás”. Cheio de boas intenções e se manter na condução das marionetes.
Será a continuidade dos aconchegos a Evo Morales, por palavras, gestos e fotos, dele Morales e Lula com o colar de coca, que havia afrontado o Brasil pela ocupação de refinarias da Petrobras em território boliviano. Cocaína que mata e dilacera o ser humano
Será a repetição da patacoada e do papelão, aos olhos do mundo sério e desenvolvido, na tentativa de lhe impor um acordo com o Irã sobre o controle do seu projeto de uso da energia nuclear. Riram-se nas intimidades.
Será a continuidade do namoro com as FARC e do respeito aos ditames do Foro de São Paulo.
Será a continuidade da demarcação de terras indígenas descomunais, contínuas, na linha de fronteira, como da Reserva Raposa Serra do Sol em Roraima, estado imobilizado em mais de 50% do seu território que pudesse servir ao desenvolvimento.
Será a continuidade das relações espúrias com o MST; Lula e Dilma se exibiram com o boné da organização que invade propriedades e deixa a marca da violência no campo.
Será a continuidade da nomeação de ministros para o STF na gestão Lula mais prorrogação; sete nomeados por ele próprio.
Será a continuidade da rejeição aos valores da religiosidade, do cristianismo das tradições e dos costumes, já repudiada pelos católicos da CNBB, pelos evangélicos, como o Pastor Paschoal Piragine, com um vídeo assistido por mais de um milhão e meio de pessoas e reforçado pelo Pastor Silas Malafaya em resposta a evangélicos, candidatos pelo PT, onde externa: “O PT está na vanguarda da defesa do aborto e da PL 122. Estes são fatos reais, verdadeiros. Inclusive, no último dia antes do recesso parlamentar no senado no ano de 2009, se não fossem os senadores Magno Malta e Demóstenes Torres, a líder do PT teria aprovado na calada da noite, por voto de liderança, a PL 122. Isto é uma vergonha, e vocês querem que a liderança evangélica fique quieta!... O PNDH3 foi enviado ao congresso pelo Sr. Presidente da República no dia 21/12/2009,”
Será a continuidade da remessa de milhões de reais para o exterior, milhões, não. Segundo a revista Economist, calcula-se que os recursos para ajuda humanitária e desenvolvimento no exterior podem chegar a US$ 4 bilhões por ano para alimentar a ânsia de popularidade, insano narcisismo, culto da própria personalidade do que vai continuar chefe, impulsionado por sanguessugas, bajuladores, aproveitadores, parasitas, solitárias e candirus, e pouco atendimento aos desastres internos, no caudal das inundações.
Até o filme que vai representar o Brasil na disputa do Oscar é o que endeusa Lula, contrariando a pesquisa feita pelo próprio Ministério da Cultura, que o indicou, quando classificara o filme "Nosso Lar" (70,0%, 88.956 votos), favorito, e que é sucesso de bilheteria, seguido por "Chico Xavier" (12,0%, 14.888 votos), "Os Famosos e os Duendes da Morte", "O Grão" e "Antes que o mundo acabe". "Lula, o Filho do Brasil" ficou em sexto lugar (1,0%, 1.647 Votos).
Que falta está fazendo Yves Hublet, quando reproduziu as bengaladas sobre os vendilhões do templo personificados por José Dirceu no caso do mensalão nas costas e peito do alto escalão do PT. Dirceu era o Chefe da Casa Civil, agora personificada por mãe Erenice, unha e carne com a ex-ministra Dilma. Casa de pai Dirceu, virou casa de mãe Erenice. Dirceu já voltou; está na cúpula da Dilma. Erenice voltará?

O lado melhor da economia não vai superar o pior que é a ameaça à liberdade, nem retocar o retrato da corrupção.

Dilma é a certeza da continuidade do pior.

Um PEPINO indigesto.

Um sorriso enganador.

quinta-feira, 9 de setembro de 2010

Brasilistão: Ameaça da perda da Amazônia brasileira


AMEAÇA DE PERDA DA AMAZÔNIA BRASILEIRA-II

Prof. Marcos Coimbra

Conselheiro Diretor do CEBRES, Professor de Economia e Autor do livro Brasil Soberano.

Em artigo publicado recentemente neste espaço, escrevemos sobre o risco iminente de perda de grande parte da Amazônia Brasileira para os “donos do mundo”, em virtude do colaboracionismo e da conivência de grande parte das autoridades brasileiras incrustadas nos três poderes da República.

A propósito, apresentamos considerações sobre o dossiê da ABIN com as intenções do Conselho Indígena de Roraima (CIR) quanto à criação de um Estado Independente, feitas pelo General Eliéser Girão Monteiro Filho, ex-comandante da guarnição do Exército Brasileiro em Roraima (RR) e seu atual Secretário de Segurança Pública, em 08/08/2010:

“Tenho afirmado quais as intenções em relação às ONGs na Amazônia desde cedo, e não foi novidade para mim este tipo de matéria, a análise da ABIN, sobre o que pretende o CIR. Lembro como se fosse hoje uma afirmação dos atuais dirigentes do CIR, Dionito e Joênia, quando de uma visita que o Gen Jorge Felix, Ministro do GSI fez ao Estado de RR: eles disseram que aceitariam discutir com o governo brasileiro as condições para a construção da Usina Hidrelétrica do Cotingo. Na época lamentei que os ministros do STF não tivessem gasto um pouco dos seus tempos preciosos para virem a Boa Vista conhecer a realidade de perto. O que vimos foi um rápido sobrevôo de três ministros do STF, os quais não ficaram mais do que uma hora numa das aldeias indígenas do extremo da área e somente ouviram pessoas que pertenciam a um dos lados.

Exatamente o mesmo que fez o nosso Presidente da República, por mais de uma vez, ao ouvir apenas os dirigentes do CIR, uma vez em Brasília e outra vez em RR, na Maloca do Maturuca. Total parcialidade nas observações e por consequência, da decisão. E vejam que a decisão foi considerada uma das mais importantes da Suprema Corte. Dizem que vai servir como marco para demarcações futuras. Que me desculpem os incrédulos, mas o nosso Brasil merecia muito mais das autoridades constituídas, em termos de maior conhecimento para dar respaldo às decisões. Quem viver, verá.

Talvez bem mais cedo do que imaginam os governantes em Brasília. Eu, enquanto fui comandante aqui em RR consegui mostrar para outros chefes a verdade, mas a frágil democracia conduziu a decisão para essa situação, super sensível. Então, como ficam as medidas preventivas? Sim, precisamos adotar medidas preventivas, senão ficará difícil reagir depois do reconhecimento internacional visado por essas ONG, tipo o CIR. Enquanto isso, no Amazonas, já estão lutando para acabar com uma milícia indígena na reserva do Umariaçú. As ações têm que ser simultâneas. Quem vai comandá-las? Não podemos esperar que seja o MPF ou o MJ. E as coisas ainda podem piorar, se for verdade essa história de que mandarem o pessoal da Força Terrestre ficar calado. Durma-se com uma ordem dessas! Ainda bem que pelos nossos regulamentos temos a condição de reagir disciplinadamente, mas reagir, contra ordens consideradas absurdas”.

Causa espécie o total silêncio da mídia amestrada, bem como a ausência de comentários dos candidatos à presidência da República sobre assunto de tal relevância para o país, em especial para as gerações futuras. Discutem futilidades em debates engessados, em paralelo a pesquisas viciadas, capazes de apontar os resultados desejados pelos que pagam a fatura, enquanto a problemática vital enfrentada pelo povo brasileiro é negligenciada. Nenhum dos quatro principais candidatos revela-se capaz de enfrentar os desafios exigidos pela sociedade brasileira. O despreparo da candidata Dilma é de estarrecer. Seria, no máximo, uma razoável candidata a vereadora de um município interiorano. A outra candidata também apresenta uma fragilidade gritante, defensora de uma agenda ditada pelos interesses da Casa Real da Inglaterra, no relativo ao meio ambiente. O octogenário candidato do PSOL apresenta um ideário do século retrasado.

Sem dúvida, o mais bem preparado deles é o candidato Serra, porém ele também possui compromissos inaceitáveis para os brasileiros patriotas que perseguem a consecução dos Objetivos Nacionais Permanentes. Em momento algum, até o momento, apresentou um embrião de um Projeto Nacional de Desenvolvimento. Também não foi capaz de aprofundar o debate sobre questões vitais para o Brasil, ignoradas nos últimos debates. É incapaz de adotar uma postura firme de oposição aos descalabros perpetrados pela administração petista na esfera internacional, que constituem sérias ameaças ao Brasil, tais como: a concreta ameaça de perda da Integridade do Patrimônio Nacional e da Soberania, as notórias ligações perigosas com grupos terroristas internacionais ligados ao Foro de São Paulo, a indefensável política externa de submissão aos interesses ideológicos “chavistas”, a inacreditável “doação” de cerca de quatro bilhões de dólares anuais a outros países, por razões discutíveis, enquanto o povo brasileiro padece de falta de condições primárias de atendimento às necessidades coletivas e outras.

Isto sem falar da herança “maldita” deixada pelo desgoverno petista no âmbito interno, no relativo à aceleração do processo de desagregação social, com sérias repercussões na Paz Social, ao estímulo à agressão ao instituto da propriedade privada, à caótica situação da infra-estrutura econômico-social, à corrupção desenfreada em todos os níveis da administração, ao “aparelhamento” político-partidário de dezenas de milhares de cargos de confiança na administração federal, às autoritárias iniciativas de caráter autoritário, tais como as “leis” do desarmamento do cidadão, a da palmada, de cerceamento da liberdade de imprensa e outras. Da falta de investimento em saneamento, dos problemas que serão repassados para a futura administração, abrangendo compromissos da ordem de dezenas de bilhões de reais de “restos a pagar”, do“Bolsa Milionários”, da ridícula situação da educação nacional, com 40% da população ou analfabeta ou em estado de analfabetismo funcional, e, o pior, a implantação da cultura do assistencialismo e do clientelismo.

Até que limite o tecido social suportará tal esgarçamento, sem trágicas conseqüências? Urge que a sociedade brasileira reaja a altura do antagonismo existente, objetivando vencê-lo para a tranqüilidade da Nação. Já está passando do ponto o momento da ação reparadora e tranqulizadora.

Canadenses: Com Dilminha Bang Bang, o purgatório brasileiro estará apenas começando



OS CANADENSES DIZEM QUE, COM DILMA ROUSSEF, O PURGATÓRIO BRASILEIRO ESTARÁ APENAS COMEÇANDO...

Francisco Vianna


***

MARXIST TERRORIST WOMAN WILL LIKELY BE THE NEXT BRAZILIAN PRESIDENT

Illuminati 2 - Deceit and Seduction

August 26, 2010


"My friend, they have found the formula. Give the people a cell phone, cable TV, the "feeling" they are participating in the economy, and they won't even think about liberty. Billions of pawns, the so-called middle-class of China, the "climbing" poor of Brazil, have no idea what the Bill of Rights, the Carta Magna, was. Their sheer number, like a barbaric horde, will crush the poor Americans, the last people in the world who have some remaining tradition of freedom and individual rights. Those Third World nouveau-riche folks will burn the constitution for a new TV, bought in 12 installments with a credit card".
SAO PAULO, Aug 26 (Reuters) - Brazil ruling party candidate Dilma Rousseff surged ahead of her main rival in his home state bastion, a new opinion poll showed on Thursday, as she appeared headed for a mandate-booting outright win in the Oct. 3 election.
Rousseff of Lula's ruling Workers' Party had 49 points in the latest Datafolha poll, 20 points ahead of Serra. That compares with her 47-30 lead in the previous Datafolha survey released five days ago.
From Our Sao Paulo Bureau (originally posted APRIL 8 2009, UPDATED Aug. 26 2010, under subhead below "Brazil's Purgatory About to Begin")
Dear Henry,
After seeing that article with Hitler's police file, see how interesting this other police file is. Dilma Rousseff, the current government Chief of Staff of Lula, a ministerial position, has been chosen by the Worker's Party to follow the (now millionaire) former factory worker Lula to the Presidency. Lula is one of the most corrupt presidents in history and is a tool for the Marxists.
Rousseff's father was a Bulgarian Communist.
On top of the file: TERRORIST / BANK ROBBER
On bottom:
Profession: Unknown
Activities:
1967 - agent for the Worker's Politics Movement
06/10/68 - robbery of Banespa bank, Iguatemi Street, $ 80,000
12/10/68 - planned the murder of [American] Capt. Charles Chandler [accomplished in cold blood, in front of his house, his wife and child]
11/12/68 - robbery of Gun Store Diana, Seminario Street, 48 guns [stolen]
??/04/69 - National Liberation Command [another terrorist organization)
24/01/69 - Robbery of Quitauna Arms Depository - 63 FAU rifles, 3 INA guns, 4 munitions.
18/07/69 - Robbery of the Governor Ademar de Barros' house [the money – almost three million dollars – was never recovered]
01/08/68 – Robbery of the Mercantil of Sao Paulo bank.
??/09/69 - VAR Palmares [terrorist organization] Congress in Teresopolis.
20/09/69 - Robbery of the Public Force Police Quarters in Barro Branco.
These people receive substantial allowances for life because they have been arrested during the military regime. The family of people whom they have killed got nothing at all. She climbed to the top inside the government because she is a Communist.
Another important friend of Lula and a Party director, Jose Dirceu, was also a terrorist and was trained in Cuba [a traitor of Brazil, really]. Dirceu was the head of the worst corruption scheme in the history of Brazil – known as MENSALÃO – and is still free and working as a "consultant" in the government. (eminence grise).
All the machine of the government has been put at Dilma's support. She goes to every inauguration of projects and is exalted by Lula.
This is the kind of people who are being used by the New World Order to enslave us. I leave a warning, especially for the American leftists who like Chavez and Castro: Obama, pal of William Ayers, is not far from these guys. Is this what is in store of the USA?
BRAZIL'S PURGATORY ABOUT TO BEGIN


Dilma, after the makeover
The sad fact about the next election in Brazil is that it will not be decided based on principles or values. Nobody cares if Dilma Roussef murdered or robbed. It is just populism in the cruelest form. She is Lula's lady. Poor people have benefited a little from the end of inflation, and they forgot that this situation was inherited by Lula.
What is interesting is that the Worker's Party is neither Communist nor the helper of workers. IBGE, the main statistical institution in Brazil, has just released the information that illiteracy in Brazil increased during Lula's reign. Basic sanitation is in the same level as it was at the time of his coronation. 50,000 Brazilians die violent deaths each year, most caused by guns and drugs smuggled into the country by the FARC Marxist terrorists, allies of Lula.
Who cares?
I have a cell phone and TV set. And the next soccer World Cup will be in Rio.
On the other hand, the Federal Development Bank (BNDES) has received this year US$ 100 BI to lend to large corporations, in order to "buy" their good will towards the government during the election year. These capitalists get the money for 3.5 to 7% interest rates a year, while the government pays 10 to 12% to the banks. ITAU bank had the largest profit of any bank in the Americas, including the ones in the USA.
Other acts of largesse of the government include the distribution of TV and radio licenses to capitalists and politicians, a TV network for the union leaders (who hold for their Union one day of salary from the workers and can't be audited – Lula has forbidden it) and the definition of the targets of investment of the ‘pension funds’ from state companies, in the order of hundreds of billions of dollars. They have the power of making or breaking you.


Marxists fraternizing in the White House Oval Office

FASCISM
This is a fascist economy, in its purest definition. Mussolini would be proud of Brazil.
It is hard for the common folk to understand how Communism has changed from a social utopia to this raw fascism. The reason is that any kind of ‘socialism’ is made from the same ideological stuff: a small group of people living as nabobs by praying taxpayers’ money. So a Communist, a Fascist, a Nazi, etc. have all too much in common. Their common enemies: private capitalism and democracy. They retain the old veneer in cultural causes, such as free abortion, gay marriage, globalism, ecological radicalism, and a well known despise toward God and religions, which they use opportunistically according their momentary interests.
Just like in China, they tell you how to live your private life. Censorship or "media control" is in Dilma's agenda, as it is in full course in Argentina and Venezuela today. The fiscal privacy of Dilma's opponents has been broken with no consequences. Basic constitutional rights are worth nothing to the Worker's Party (PT), and they are challenging property rights. A bunch of communist peasants, all funded by leftist NGOs and led by professional agitators, will invade farms, kill people (as they do now) and the issue will be decided by popular acclamation, in a commune.
We are being prepared to be pawns of the world government.
I predict rough times ahead for Brazil. Dilma is incompetent and stubborn. Brazil's public debt has almost tripled and is about to explode, due to the high interest rates. The boom in the exportation of minerals and agro-commodities that gave Lula's popularity such a boost can end anytime, especially if a heavy crisis hits the dollar.
The taxation level (tax burden) in Brazil is one of the highest in the world, now at 40,5% and bureaucracy, with 85 different taxes in the last count, is astronomical. They won't be able to raise tax anymore to support the do-nothings employed in the government and the corruption. And despite all this, the state is not and never was able enough to give back essential public services to its people, at least, in a decent level.
When the government crashes, the social aids that supported Lula's popularity will be at risk. Without the booming exports, there will be fewer jobs, and it is possible that we see riots and protests. Things have always been too easy in this country, where food grows even in a crack in the sidewalk. Perhaps it is time for Brazilians to mature from suffering.

PS: Dilma is not Bulgarian, her father was. He fled his country because he was a communist activist. Surprisingly (?), in Brazil he was a capitalist and very rich. Dilma had a very bourgeois life, living in a large house and studying at private schools. It is always good to belong to the Communist elite.

Acesse os textos postados em Usina de Letras

Meus textos postados em Usina de Letras. Acesse!
Acesse meus textos postados regularmente em Usina de Letras

http://www.usinadeletras.com.br/exibelotextoautor.php?user=FSFVIGHM

Grato,

Félix Maier

REVOLUÇÃO SILENCIOSA

"O MAIOR CASTIGO PARA AQUELES QUE NÃO SE INTERESSAM POR POLÍTICA É QUE SERÃO GOVERNADOS PELOS QUE SE INTERESSAM".

Arnold Toynbee



REVOLUÇÃO SILENCIOSA

Diego Casagrande, jornalista

Porto Alegre/RS

Não espere tanques, fuzis e estado de sítio.

Não espere campos de concentração e emissoras de rádio, tevês e as redações ocupadas pelos agentes da supressão das liberdades.

Não espere tanques nas ruas.

Não espere os oficiais do regime com uniformes verdes e estrelinha vermelha circulando nas cidades.

Não espere nada diferente do que estamos vendo há pelo menos duas décadas.

Não espere porque você não vai encontrar, ao menos por enquanto. A revolução comunista no Brasil já começou e não tem a face historicamente conhecida.

Ela é bem diferente.

É hoje silenciosa e sorrateira. Sua meta é o subdesenvolvimento.

Sua meta é que não possamos decolar.

Age na degradação dos princípios e do pensar das pessoas.

Corrói a valoração do trabalho honesto, da pesquisa e da ordem.

Para seus líderes, sociedade onde é preciso ser ordeiro não é democrática.

Para seus pregadores, país onde há mais deveres do que direitos não serve.

Tem que ser o contrário para que mais parasitas se nutram do Estado e de suas indenizações. Essa revolução impede as pessoas de sonharem com uma vida econômica melhor, porque quem cresce na vida, quem começa a ter mais, deixa de ser "humano" e passa a ser um capitalista safado e explorador dos outros. Ter é incompatível com o ser. Esse é o princípio que estamos presenciando.

Todos têm de acreditar nesses valores deturpados que só impedem a evolução das pessoas e, por conseqüência, o despertar de um país e de um povo que deveriam estar lá na frente. Vai ser triste ver o uso político-ideológico que as escolas brasileiras farão das disciplinas de filosofia e sociologia, tornadas obrigatórias no ensino médio a partir do ano que vem. A decisão é do ministério da Educação, onde não são poucos os adoradores do regime cubano mantidos com dinheiro público. Quando a norma entrar em vigor, será uma farra para aqueles que sonham com uma sociedade cada vez menos livre, mais estatizada e onde o moderno é circular com a camiseta de um idiota totalitário como Che Guevara. A constatação que faço é simples. Hoje, mesmo sem essa malfadada determinação governamental - que é óbvio faz parte da revolução silenciosa - as crianças brasileiras já sofrem um bombardeio ideológico diário.

Elas vêm sendo submetidas ao lixo pedagógico do socialismo, do mofo, do atraso, que vê no coletivismo econômico a saída para todos os males. E pouco importa que este modelo não tenha produzido uma única nação onde suas práticas melhoraram a vida da maioria da população. Ao contrário, ele sempre descamba para o genocídio ou a pobreza absoluta para quase todos. No Brasil, são as escolas os principais agentes do serviço sujo. São elas as donas da lavagem cerebral da revolução silenciosa. Há exceções, é claro, que se perdem na bruma dos simpatizantes vermelhos. Perdi a conta de quantas vezes já denunciei nos espaços que ocupo no rádio, tevê e internet, escolas caras de Porto Alegre recebendo freis betos e mantendo professores que ensinam às cabecinhas em formação que o bandido não é o que invade e destrói a produção, e sim o invadido, um facínora que "tem" e é "dono" de algo, enquanto outros nada têm. Como se houvesse relação de causa e efeito. Recebi de Bagé, interior do Rio Grande do Sul, o livro "Geografia", obrigatório na 5ª série do primeiro grau no Colégio Salesiano Nossa Senhora Auxiliadora. Os autores são Antonio Aparecido e Hugo Montenegro. O Auxiliadora é uma escola tradicional na região, que fica em frente à praça central da cidade e onde muita gente boa se esforça para manter os filhos buscando uma educação de qualidade.

Através desse livro, as crianças aprendem que propriedades grandes são de "alguns" e que assentamentos e pequenas propriedades familiares "são de todos". Aprendem que "trabalhar livre, sem patrão" é "benefício de toda a comunidade". Aprendem que assentamentos são "uma forma de organização mais solidária... do que nas grandes propriedades rurais". E também aprendem a ler um enorme texto de... adivinhe quem? João Pedro Stédile, o líder do criminoso MST que há pouco tempo sugeriu o assassinato dos produtores rurais brasileiros. O mesmo líder que incentiva a invasão, destruição e o roubo do que aos outros pertence. Ele relata como funciona o movimento e se embriaga em palavras ao descrever que "meninos e meninas, a nova geração de assentados... formam filas na frente da escola, cantam o hino do Movimento dos Sem-Terra e assistem ao hasteamento da bandeira do MST". Essa é A revolução silenciosa a que me refiro, que faz um texto lixo dentro de um livro lixo parar na mesa de crianças, cujas consciências em formação deveriam ser respeitadas.

Nada mais totalitário. Nada mais antidemocrático.

Serviria direitinho em uma escola de inspiração nazi-fascista.

Tristes são as conseqüências. Um grupo de pais está indignado com a escola, mas não consegue se organizar minimamente para protestar e tirar essa porcaria travestida de livro didático do currículo do colégio. Alguns até reclamam, mas muitos que se tocaram da podridão travestida de ensino têm vergonha de serem vistos como diferentes. Eles não são minoria, eles não estão errados, mas sentem-se assim. A revolução silenciosa avança e o guarda de quarteirão é o medo do que possam pensar deles.

O antídoto para A revolução silenciosa?

Botar a boca no trombone, alertar, denunciar, fazer pensar, incomodar os agentes da Stazi silenciosa.

Não há silêncio que resista ao barulho.



"EM OUTUBRO LEMBRE-SE:

URNA NÃO É LIXEIRA"

"VOTO NÃO TEM PREÇO, TEM CONSEQÜÊNCIA"

Macunaíma, o rei-operário


Macunaíma

Dora Kramer

O Estado de S. Paulo - 08/09/2010

Só porque é popular uma pessoa pode escarnecer de todos, ignorar a lei, zombar da Justiça, enaltecer notórios malfeitores, afagar violentos ditadores, tomar para si a realização alheia, mentir e nunca dar um passo que não seja em proveito próprio? Depende. Um artista não poderia, sequer ousaria fazer isso, pois a condenação da sociedade seria o começo do seu fim. Um político tampouco ousaria abrir tanto a guarda.

Leia texto completo em

O Brasil tem guerrilha


O Brasil tem guerrilha

ISTOÉ entra na base da Liga dos Camponeses Pobres, um grupo armado com 20 acampamentos em três Estados, que tem nove vezes mais combatentes que o PCdoB na Guerrilha do Araguaia e cujas ações resultaram na morte de 22 pessoas no ano passado


Confira em





PAC - A maior obra de Lula...

PAC - Programa de Alisamento da Cara, da Marisa

O cagaço da Rede Polvo

Dilma e Lily Marinho


O cagaço curvou a Rede Globo

SACO DE CARNIÇA!!!

Só hienas, rapinas e petralhas para se darem bem.

O cagaço da Rede Globo

Ora, ora, ora. O que o poder não faz!!! E quem diria que a jovem terrorista que odiava o capitalismo agora dele desfruta com tanta emoção! Ou estará enganando o clã dos Marinho?
Com certeza o socialismo cassará a concessão...

Em anexo fotos do sarau na casa de Lily Marinho em apoio à candidata Dilma Bang Bang Rouseff.
Os petistas que criticavam a Rede Globo, satãnizavam etc... Quem diria, hein?

Como dizia minha avó: se queres conhecer o vilão, dá-lhe o bastão.

Agora estamos compreendendo melhor os resultados das últimas pesquisas Globo/Ibope.

Todo poder emana da Globo e em seu nome será exercido?

Pergunte ao Chavez o que ele fez na Venezuela com os Marinhos de lá.





Obs.: Colaboração de meu sobrinho Gustavo Palla Maier (F. Maier).