MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

Mario Vargas Llosa Vence o Prêmio Nobel de Literatura

Mario Vargas Llosa

Notícia de Última Hora do ‘The New York Times’
TRADUÇÃO DE FRANCISCO VIANNA
Quinta feira, 07 de outubro de 2010 – 07h12min

O escritor peruano Mario Vargas Llosa ganhou o Prêmio Nobel de Literatura. A Academia Sueca disse que o prêmio faz justiça ao valor de sua obra e do seu legado, aos 74 anos de idade, e premia especialmente "o seu poder de cartografar as estruturas do poder e suas imagens entrincheiradas de resistência individual, revolta e derrota".
Em 1980 o autor começou a ter maiores atividades políticas no Peru. Em 1983, a pedido do próprio presidente Fernando B. Terry, presidiu a comissão que investiga a morte de oito jornalistas. Quatro anos depois, em 1987, iniciou o movimento político liberal contra a estatização da economia, o que ia de encontro ao presidente Alan Garcia. Em 1990, concorreu à presidência do Peru pela Frente Demócrata (FREDEMO), partido de centro-direita, mas perdeu a eleição para Alberto Fugimori.
Depos disso, voltou para Londres, onde vivia e morava já naquela época, e reiniciou suas atividades literárias. Em 2006, na sua mais recente visita à sua terra natal, Llosa apoiou a candidatura de Lourdes Flores, mas quem foi eleito, novamente, foi Alan Garcia. Suas experiências como escritor e candidato presidencial estão expostas na autobiografia entitulada "Peixe na Água”, publicada em 1991.

Leia mais aqui (em inglês)

Saudações,




Francisco Vianna