MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

Petrobras dos petralhas perde posto de maior do Brasil para Vale

Petrobras perde valor no mercado Indefinições do governo em relação ao complicado processo de capitalização da Petrobras já derrubaram preço de mercado e as ações da estatal na bolsa. Investidores estão preocupados

Tetê Monteiro - Estado de Minas

Publicação: 22/08/2010 10:18

Os investidores da Petrobras estão assustados. As indefinições em torno do processo de capitalização da empresa já fizeram a maior companhia brasileira perder R$ 70 bilhões em valor de mercado somente este ano, afirma o consultor-sócio da Global Financial Advisor, Miguel Daoud. Dados da Economatica também mostram que o valor de mercado da estatal passou de R$ 347 bilhões, em dezembro de 2009, para R$ 253 bilhões até o dia 19 deste mês, queda de 27%. Os papéis da empresa não escapam do disse me disse em relação à oferta pública e, por isso, os preços das ações PN (PETR4), as mais negociadas no Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) e que respondiam por 8,89% na composição geral do Ibovespa na sexta-feira, registram queda de mais de 25% no acumulado do ano.

Fonte: http://www.uai.com.br/htmls/app/noticia173/2010/08/22/noticia_economia,i=175416/PETROBRAS+PERDE+VALOR+NO+MERCADO.shtml

____________________________________________________________________

Lula investe contra os estudos e a orientação técnica da empresa, que sustentam que as refinarias existentes atendem à demanda no Brasil. O próprio Lula afirmou que determinou a mudança dos planos da Petrobras. Ao atropelar o parecer da empresa, que garante existir capacidade técnica mais do que suficiente nas atuais refinarias para atender à demanda, deixa uma bomba de efeito retardado que terá de ser desarmada.

Nos próximos anos, a Petrobras se defrontará com o mais gigantesco programa de investimento petrolífero em todo o mundo. Para isso terá de agenciar recursos humanos, tecnológicos e financeiros crescentes. Competência e capacidade para esses desafios ela tem comprovado possuir.

Daí a necessidade de priorizar investimentos na exploração do pré-sal, expansão da Bacia de Campos, oleodutos, transportes, petroquímica, banindo a nociva subordinação da empresa a objetivos políticos e eleitorais.

A subordinação a interesses políticos e eleitorais na Petrobras não é saudáveL

Fonte: http://www.dci.com.br/noticia.asp?id_editoria=5&id_noticia=339462