MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

sábado, 7 de fevereiro de 2009

União gastou R$ 1,3 milhão ao dia com diárias de viagem em 2008


União gastou R$ 1,3 mi ao dia com diárias de viagem em 2008

Levantamento da CGU revela que despesa subiu em 2008 e total chegou a R$ 467,5 milhões

VANNILDO MENDES - Agencia Estado

BRASÍLIA - O governo federal gastou R$ 467,5 milhões com diárias de viagens de janeiro a dezembro de 2008, o que dá uma média de mais de R$ 1,3 milhão ao dia. O valor ficou 7% acima do ano anterior, quando as despesas com essa rubrica somaram R$ 436,8 milhões. Pela primeira vez nos dois mandatos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os gastos com diárias, que vinham se mantendo estáveis, subiram mais que a inflação. Os dados consolidados estão no Portal da Transparência, da Controladoria-Geral da União (CGU), que detalha o pagamento de 260 mil diárias a servidores da administração direta da União em 2008.

Em seis anos da era Lula, de janeiro de 2003 a dezembro de 2008, o governo federal gastou um total de 2,45 bilhões com diárias de viagens de funcionários. A média anual de gastos foi de R$ 407 milhões, 10% acima da média de R$ 370 milhões anuais verificada no segundo mandato do presidente Fernando Henrique Cardoso. Os números não incluem os órgãos que trabalham em missões sigilosas, como a Polícia Federal (PF) e a Agência Brasileira de Inteligência (Abin). Nesse caso, a despesa sobe para R$ 538,3 milhões em 2008, contra R$ 528,8 milhões no ano anterior, uma variação de 2%.

Para conter a tendência de crescimento nesse tipo de gastos, a Presidência da República informou que desde 1º de janeiro de 2009 tornou-se obrigatória a aplicação, até então opcional, do Sistema de Concessão de Diárias e Passagens (SCDP), que amplia o controle sobre as despesas da rubrica. A exigência vale para a administração direta, autarquias e fundações e agências, num total de 352 unidades federais.

O sistema, totalmente operacionalizado pela internet, faz o cadastramento da viagem com respectivos trechos, a reserva das passagens, a autorização da solicitação e a emissão do bilhete. Também faz o controle do orçamento de cada órgão para gastos com diárias e passagens. Quando não há mais recursos, o sistema automaticamente avisa que a solicitação não foi aceita. Para garantir a validade jurídica dos documentos, a aprovação das viagens e o pagamento de diárias ocorrem por meio de certificados digitais.

O Ministério do Planejamento relativizou o crescimento dos gastos com diárias, alegando que, descontada a inflação do período, a variação real foi de pouco mais de 2%. O aumento, conforme a assessoria da pasta, fica ainda mais diluído quando se observa que nos anos anteriores o gasto se manteve estável, com variação perto de zero.

Fonte: http://www.estadao.com.br/nacional/not_nac319627,0.htm
***
Do Blog do Aluizio Amorim
GASTOS NA ERA LULA SÃO ASTRONÔMICOS E ESCANDALOSOS
O governo federal gastou R$ 467,5 milhões com diárias de viagens de janeiro a dezembro de 2008, o que dá uma média de mais de R$ 1,3 milhão ao dia. O valor ficou 7% acima do ano anterior, quando as despesas com essa rubrica somaram R$ 436,8 milhões. Pela primeira vez nos dois mandatos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, os gastos com diárias, que vinham se mantendo estáveis, subiram mais que a inflação. Os dados consolidados estão no Portal da Transparência, da Controladoria-Geral da União (CGU), que detalha o pagamento de 260 mil diárias a servidores da administração direta da União em 2008.
Em seis anos da era Lula, de janeiro de 2003 a dezembro de 2008, o governo federal gastou um total de 2,45 bilhões com diárias de viagens de funcionários.
MEU COMENTÁRIO:
É algo escandaloso, quando se sabe que daqui a pouco teremos que botar a mão no bolso para pagar o imposto de renda.O que Lula e seus sequazes fazem com o nosso dinheiro? Uma verdadeira orgia de gastos sem necessidade, uma forma de suplementar os salários dos amanuenses petralhas com generosas diárias.Isto sem falar no opulento One 51, que conduz Lula ao redor do mundo com a copa farta, com todo o conforto que ultrapassa aquele desfrutado pelos chefes de Estado de países desenvolvidos que são mais parcimoniosos e discretos.E o financiamento de toda essa orgia é bancado pelo Sul.Cada vez mais se impõe a necessidade da separação do Sul do restante do Brasil. Nós, sulistas somos uns bobalhões. Produzimos e poupamos para garantir a farra de gastos do governo federal que, na era Lula bate todos os recordes.Nunca antes neste país um governo foi tão perdulário e descarado.
Postado por Aluizio Amorim às 2/07/2009 01:48:00 AM