MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Charles vem revisitar a floresta amazônica


Será apenas coincidência a visita de Charles, exatamente na época em que o STF retomará o julgamento da reserva indígena Raposa Serra do Sol?

Lembram-se que o CIR embarcou com um grupo de indios contrários à presença de brasileiros brancos dentro das reservas, além de defenderem que elas fossem continuas? E quem arcou com as custas?

Será coincidência também que a Raposa Serra do Sol possa vir a ser uma "fronteira contínua" com a Guiana, que sempre esteve sob o domínio da Inglaterra? Vem tomar posse por acaso?

Não acredito em coincidências!

Ana Prudente

***

Enviado por Ricardo Noblat - 8.2.2009 - 16h09m

Charles vem revisitar a floresta amazônica

Confirmada a visita em março ao Brasil de Sua Alteza Real o Príncipe Charles, herdeiro do trono da Inglaterra. Ele visitará, no Rio de Janeiro, uma exposição sobre Chico Mendes, seringueiro, ativista ambiental, assassinado em dezembro de 1988.

Irá a São Paulo para encontro com empresários. De lá voará a Brasília, onde poderá encontrar Lula. Em seguida visitará Manaus e Santarém.

No dia 14, viajará de Manaus a Santarém e pegará um barco no Alter do Chão, onde conversará com especialistas sobre os desafios do desenvolvimento sustentável.

Alter do Chão é uma praia localizada na margem esquerda do rio Tapajós, a cerca de 32 km de Santarém. Moram ali cerca de seis mil pessoas.

De Alter do Chão, o príncipe irá para outra reunião com representantes da comunidade de Maguari, que fica na Floresta Nacional do Tapajós, município de Belterra.

A embaixada inglesa começou a expedir convites para autoridades e estudiosos do meio ambiente com quem o príncipe gostaria de se encontrar.

Em outubro de 2007, Charles criou a fundação Prince's Rainforest Project para ajudar na preservação das florestas tropicais.

A primeira iniciativa da fundação foi convidar para um encontro em Londres o Grupo Soluções da Amazônia, formado por ministros, governadores, parlamentares, banqueiros, empresários e ONGs brasileiras.

Realizado no final de abril do ano passado no Palácio Saint James, residência oficial do príncipe, o encontro durou dois dias. Charles esteve presente (foto no alto). Aí nasceu a idéia dele de revisitar a Amazônia.

O príncipe já esteve uma vez na Amazônia. Foi no início dos anos 90 durante o curto governo do presidente Fernando Collor.

Fonte: http://oglobo.globo.com/pais/noblat/post.asp?t=charles-vem-revisitar-floresta-amazonica&cod_Post=159807&a=575