MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Lula não serve. Nem Dilma.

Lula venerando o gorila e o cocalero


LULA NÃO SERVE. NEM DILMA.

José Roberto Doubek Lopes - Jornalista

Lula tem altos índices de popularidade. Muitos não confiam nas pesquisas. Convém ter em vista, no entanto, que o brasileiro é muito superficial em política. Cai em qualquer conversa. As pesquisas podem, até, representar a realidade.

Temos um exemplo vivo do que pode acontecer com a gente: ficar igual à Venezuela e à Bolívia. Lula usa os pobres para perpetuar-se no poder. Na Venezuela e na Bolívia Chávez e Morales fazem a mesma coisa.

Lula afirmou, por várias vezes que nunca foi esquerdista. Acho até que ele nem sabe o que é isso. O desejo único dele é continuar na crista da onda. Faz muito barulho, sempre. O leitor já viu Lula na televisão falar com calma e argumentar? Barulhento e vermelho. Está assim sempre.

Por traz dessa aparência que, de fato, sensibiliza a maioria do povo, faz suas tramas. Uma delas é transformar o governo numa propriedade privada sua. O leitor se lembra da estrela-símbolo de seu partido que foi implantada nos jardins de seu palácio em Brasília? Não sei se ainda está por lá mas que foi um acinte, ninguém duvida. Seu palácio é o palácio da nação. Não é dele.

Em “seu” Boeing suntuoso corre mundo. Esquece a pobreza que diz ter muito por aqui.

Do governo anterior, manteve o principal que foi a política econômica. Pudera! Sabia que seria a única forma de não deixar a inflação voltar. No mais, no entanto, destruiu quase tudo.

As Agências Reguladoras, que foram uma conquista relevante para não permitir que assuntos técnicos fossem contaminados pela política foram completamente destruídas. Todos os grandes caciques da política já têm uma programação de indicações de afilhados para cargos de diretor das agências.

As estatais que tinham sido banidas em nome da eficiência e da economia estão de volta. Eletrobrás e Telebrás são exemplos. Tudo para manter afilhados políticos em postos de comando.

O entusiasmo com o petróleo do pré-sal abriu a oportunidade imperdível da criação de uma estatal exclusiva para cuidar dele. Como se já não bastasse a Petrobrás para impedir a concorrência nos preços dos combustíveis. Ainda bem que a crise obrigou o governo a esquecer um pouco o assunto.

O Bolsa-Família é o exemplo de assistencialismo. Lula acabou de incluir mais 1,3 milhão de pessoas no programa em vez de oferecer recursos para a dinamização do comércio, da agricultura e da indústria numa época de crise. O senador Jarbas Vasconcelos declarou que o Bolsa-Família é o maior programa de compra de votos do mundo.

Lula não fez reforma alguma. Preocupou-se, exclusivamente, com a capitalização do assistencialismo.

De fato, toda a reforma, por mais importante que seja, deixa seqüelas políticas para seus realizadores. Mas são riscos que um bom político precisa estar disposto a correr. Lula paga o preço que for para não perder a popularidade. Não quer nenhum arranhão.

Algumas reformas necessárias que não foram nem tocadas: partidária, tributária, previdenciária e trabalhista.

O escândalo do mensalão, entre os demais, não abalou Lula. Ele deveria ter virado a mesa. Não conseguiu virar. Estava embaixo dela.

Dilma para suceder Lula? Ficará tudo igual. Ela é exatamente igual a ele. Ainda mais que, agora, aprendeu a sorrir. E até plástica fez.

O recente encontro de prefeitos em Brasília foi a prova do descaramento de Lula para promover sua candidata. Só com o recebimento das delegações, o governo gastou mais de 2 milhões de Reais. Fora o custo das benesses oferecidas aos prefeitos.

A sucessão ainda não é uma certeza. Ouvi de um político que não está descartado um 3º mandato. Acredito. Lula é matreiro o suficiente para não abrir o jogo. E Chávez e Morales estão aí para ensinar.

Fonte: http://www.jornalacordabrasil.com.br/modules/xt_conteudo/index.php?id=210


***

EM 2010 PRECISAMOS SUBSTITUIR LULA

MUDANÇA TOTAL !

José Roberto Doubek Lopes - Jornalista

Lula é um fenômeno. A popularidade é nunca vista. Em todas as classes socias. Maior que a de Getúlio. Mas não é justificativa para eu me calar.

Hitler foi considerado um deus na Alemanha. Stalin também foi na União Soviética. Fidel Castro idem. Peron, também. Hugo Chávez está sendo. Evo Morales, igual. E por aí vai. Há grandes diferenças de comportamento entre esses nomes mas é somente uma questão de graduação. Todos usaram o Estado para perpetuar-se no poder.

Aqui vão algumas razões pelas quais acho que Lula não serve. Além dessas, há muitas outras. Cada uma delas pode ser questionada. O leitor poderá manifestar-se sobre meus exageros ou omissões com a certeza de que sua mensagem será transcrita na próxima edição.

1-O histórico de Lula não é exemplo de nada. Como profissional, não se tem notícia nenhuma de sua curtíssima dedicação ao trabalho. Como dirigente sindical, usou e abusou de seu incrível carisma exercitando-se como condutor de massas. Como político, usou e abusou de seu partido. Considero-o o estímulomais infiel de todos os políticos brasileiros.

2-Apego sem medida por Fidel Castro, Hugo Chávez, Evo Morales e condutores de outros países de esquerda. Nunca tivemos um presidente assim.

3-Oposição compulsiva aos Estados Unidos. De fato, sem os Estados Unidos não teríamos crise. Mas não teríamos, também, a maior nação do mundo.

4-Desvirtuamento de nossa política externa. Nosso País está tendo prejuízos. Lula ama os fracos e odeia os fortes.

5-Nenhuma iniciativa para introduzir no País reformas fundamentais como a trabalhista e a previdenciária.

6-Proteção ao sindicalismo: estímulo para que a contribuição sindical continue obrigatória. Destino de parte de seus recursos às Centrais Sindicais sem nem a obrigação de prestar contas de seu uso.

7-Transposição das águas do Rio São Francisco em lugar de implementar planos racionais já existentes de suprimento de água para o polígono das secas. A transposição é uma agressão à natureza. Além de propiciar a continuação da “indústria da seca”.

8-Interesse tendencioso na aprovação da compra da Brasil-Telecom pela Oi. Até hoje, ninguém demonstrou o que o consumidor ganhará com isso.

9-Instituição de programas assistencialistas permanentes e eleitoreiros em vez dos que deveriam existir para alavancar a ascenção social dos mais pobres. Só alavancar.

10-Fuga de responsabilidade por casos de corrupção como o do mensalão. Outros episódios significativos: morte de Celso Daniel e Operação Satiagraha (Daniel Dantas). O histórico da ascenção política de Lula tem ligação com casos nebulosos.

Componentes do governo Lula que, por seu histórico e por sua conduta atual não servem ao País:
-Dilma Rousseff

-Tarso Genro

-Paulo Vanuchi

-Carlos Lupi

-Marco Aurélio Garcia

-Celso Amorim

-Edson Lobão

-Franklin Martins

-Hélio Costa

Fonte: http://www.jornalacordabrasil.com.br/modules/xt_conteudo/index.php?id=187

Acesse o site Jornal Acorda Brasil, de José Roberto Doubek Lopes, em http://www.jornalacordabrasil.com.br/modules/xt_conteudo/?id=85