MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

sábado, 7 de fevereiro de 2009

Dicionário Financeiro


Dicionário Financeiro

Autoria desconhecida

Abertura de Capital

Processo de democratização do Capital Social de uma empresa, cujas ações pertencem a um determinado número de acionistas. Considera-se de capital aberto a companhia que tem os valores mobiliários de sua emissão admitidos à negociação em bolsa ou no mercado de balcão.

Ação

Título representativo de uma fração do capital social de uma companhia. Conforme a natureza dos direitos ou vantagens que confiram a seus titulares, podem ser nominativas

Ação nominativa

Ação que identifica o nome de seu proprietário, que é registrado no Livro de Registro de Ações Nominativas da empresa.

Ação ordinária

Tipo de ação que dá direito a voto nas decisões que afetam a empresa.

Ação preferencial

Papel que dá prioridade no recebimento de dividendos. Na extinção da empresa, os acionistas preferenciais também recebem antes a restituição do capital.

Accomodation bill

Letra de câmbio a favor. O mesmo que accomodation note.

Acionista

Aquele que possui ações de uma Socidade Anônima.

Alavancagem

É uma estratégia de gestão de fundos. Consiste em investir mais recursos que estão disponíveis para aumentar seu lucro, o que amplia os riscos da operação. O termo também serve para empresas e significa que ela está endividada. No mercado financeiro se utiliza a expressão financial leverage — o equivalente a alavancagem em inglês.

ABAMEC

Associação Brasileira de Mercado de Capitais. É uma associação sem fins lucrativos que congrega analistas do mercado de capitais.

ABDE

Associação Brasileira de Bancos de Desenvolvimento

ACREFI

Associação das Instituições de Crédito, Financiamento e Investimento. Tem o objetivo de congregar as empresas do setor, desenvolver treinamentos, programar e realizar cursos, seminários, palestras, simpósios, debates e congressos em diversas áreas empresariais.

Aforo

Capacidade. Em alguns países da América Latina, é o valor base para as mercadorias sujeitas à imposto de importação.

Ágio

Diferença positiva entre o valor pago e o valor nominal do título.

Agreement

Acordo, contrato.

Amortização

Redução gradual do valor nominal da dívida, sem contar os juros, por meio de pagamentos periódicos combinandos entre o credor e o devedor.

Âncora Cambial

Instrumento de política econômica utilizado para estabilizar o valor de uma moeda fixando seu valor na taxa cambial. É empregado nos casos de inflação acelerada em conjunto com outras políticas para estabilizar preços e controlar a desvalorização da moeda nacional.

Blue chip

Também chamadas de primeira linha, são ações de empresas tradicionais, negociadas com freqüência nos pregões e que mantêm uma valorização no longo prazo. É um jargão do pôquer, que chama dessa forma as fichas mais valiosas do jogo.

BRIC

Expressão criada pelo banco Goldman Sachs e representa as iniciais dos países emergentes que são promessas econômicas do século 21: Brasil, Rússia, Índia e China.

Commodities

Traduzindo do inglês, mercadorias: indica o tipo de produto, normalmente agrícola ou mineral, negociado em bolsas de futuros, como a BM&F. São produtos com grande importância econômica internacional, cujo interesse de negociação extrapola as fronteiras do país, como café, petróleo, soja, algodão e açúcar.

Day-trade

Conjugação de operações de compra e venda realizadas em um mesmo dia, dos mesmos títulos, para um mesmo comitente, através de uma mesma sociedade corretora, cuja liquidação é exclusivamente financeira.

DCTF

Declaração de Contribuições e Tributos Federais

Deal

Negócios, transação.

Deflação

É a variação negativa dos preços da economia. Significa a produção e o consumo descrescentes de bens e serviços produzidos em um país.

Depressão

Situação de grave crise econômica, em que o crédito desaparece, o desemprego explode, as falências se multiplicam, o comércio internacional e o investimento encolhem e as moedas se desvalorizam por longos períodos. Uma depressão é uma forma grave de recessão.

Derivativos

São os valores mobiliários cujos valores e características de negociação estão ligados aos ativos que lhes servem de referência, ou seja, são instrumentos financeiros que derivam de outros instrumentos financeiros mais básicos. As estratégias mais utilizadas definem um ganho pequeno com risco limitado (apostas que adicionam rentabilidade mas com baixo risco de perda).

Deságio

Diferença negativa entre o valor nominal e o preço de compra de um título de crédito.

Dividendos

A parcela de lucro das empresas de capital aberto distribuída entre os acionistas.

Governança corporativa

Conjunto de práticas instituídas pela Bolsa de Valores de São Paulo que ampliam os direitos dos acionistas minoritários. Transparência no fornecimento de dados e gestão da companhia se tornaram exigências para fazer parte do Novo Mercado, da Bovespa.

Federal Reserve - FEDO Sistema Federal de Reservas (Federal Reserve System, mais conhecido como Fed) é o banco central dos Estados Unidos. Seu dever principal é garantir o valor do dólar controlando a inflação, mas nas duas últimas semanas o Fed concentrou-se em salvar o sistema bancário.

Ibovespa

Sigla para o Índice da Bolsa de Valores de São Paulo. Mede o desempenho de uma carteira hipotética formada pelas ações mais negociadas na bolsa. A composição da carteira e o peso de cada papel mudam de acordo com a representatividade do mercado. Há fundos de ações indexados o Ibovespa. Na BM&F pode-se investir em contratos que têm o objetivo de acertar a pontuação do índice num prazo futuro.

IBX

Sigla para Índice Brasil. Mede o retorno de uma carteira hipotética composta por 100 ações selecionadas entre as mais negociadas na Bovespa, em número de negócios e volume financeiro.

Índice Dow Jones

Equivale ao Ibovespa nos Estados Unidos. Mede a performance de uma carteira hipotética composta pelas 30 ações mais negociadas na Bolsa de Valores de Nova York.

IPO

Sigla em inglês para oferta inicial de ações. Como é chamada a operação de abertura de capital de uma empresa na bolsa de valores.

Mortgage

É a hipoteca, um empréstimo garantido por um imóvel. As hipotecas foram o principal produtor de riqueza financeira dos Estados Unidos. Com 1 trilhão de dólares de hipotecas, os bancos criaram, por meio de derivativos e outros instrumentos financeiros, cerca de 10 trilhões de dólares (mais ou menos dez PIBs do Brasil) por ano.

Novo Mercado

Criado em 2000, o Novo Mercado é um segmento de listagem de empresas da Bovespa. Neste segmento, há regras diferenciadas, pelas quais só são negociadas ações de companhias que aderem, voluntariamente, a práticas de governança corporativa. A segurança oferecida aos acionistas e a qualidade das informações prestadas pelas companhias são pontos fundamentais para a valorização e liquidez das ações no Novo Mercado.

Oferta primária

É quando a empresa, como capital aberto ou não, faz uma emissão de novas ações. Os papéis são emitidos para aquela negociação e o dinheiro da operação vai todo para o caixa da companhia.

Oferta secundária

É quando a empresa, que já tem capital aberto, negocia papéis que já haviam sido emitidos e estavam em poder do controlador ou de um fundo. O dinheiro da negociação não vai necessariamente para o caixa da empresa, e sim para quem está vendendo as ações.

Ordem de compra

Orientação do analista para compra de um papel. No jargão do mercado também se usa a palavra em inglês buy.

Ordem de manutenção

Orientação do analista para manter um determinado papel na carteira. No jargão do mercado também é usado o termo em inglês hold.

Ordem de venda

Orientação do analista para venda de um papel. No jargão do mercado também é usada a palavra em inglês sell.

Partner

Sócio.

Passivo

Total das dívidas e obrigações de uma empresa. É o contrário de ativo, que representa o total de bens da empresa.

Pay-Out

Lucro líquido total. Indica o porcentual do lucro que foi distribuído aos acionistas.

Pessoa jurídica

Qualquer instituição que se personaliza e individualiza, distinguindo-se das pessoas físicas que a formam.

PEA

População Economicamente Ativa. É a base de cálculo da taxa de desemprego medida pelo IBGE.
PIS

Programa de Integração Social. Imposto administrado pela Secretaria da Receita Federal.

Pool

Acordo ou reunião de empresas ou pessoas para executar um trabalho.

Precatórios

Dívidas dos governos Federal, Estaduais e Municipais originadas por decisões da Justiça.

Preço-alvo

Significa o valor limite de um papel, já considerando a valorização esperada no período de um ano. Quando um analista sugere a compra de uma ação, ele tem como base o preço-alvo daquela ação.

Pregão

Sessão durante a qual se efetuam negócios com papéis regristrados em uma bolsa de valores, diretamente na sala de negociações e/ou pelo sistema de negociação eletrônica da BOVESPA.

Prime Rate

Taxa primária. Taxa de juros concedida pelos bancos aos seus clientes de primeira linha.

Private Equity

São fundos de investimento que compram participação em empresas. Eles costumam reorganizar as companhias, fazer com que eles dêem lucro e as revendem ou lançam ações na bolsa por um preço maior do que compraram. Ganham com a diferença de preços.

Privatização

Aquisição ou incorporação de uma companhia ou empresa pública por uma empresa privada.

Quiet period

É o período que antecede a abertura de capital e que os profissionais da empresa não podem divulgar nenhuma informação ao mercado.

Recessão

Uma situação em que a atividade econômica diminui seu ritmo por um período (para alguns economistas, mais de três trimestres consecutivos). Uma recessão é menos grave do que uma depressão.

Small caps

São ações de segunda linha que têm baixo volume de negócios e pouca liquidez. A vantagem é que elas podem ter uma valorização alta num curto prazo.

Subprime

A atual situação caótica dos mercados será conhecida para sempre como a Crise do Subprime. Prime (pronuncia-se "praime") é o título emitido por um devedor com vontade e capacidade de pagar sua dívida. Subprime é o contrário. A malandragem que deu a confusão toda foi justamente empacotar títulos prime junto com subprime e usá-los no processo de securitização com ajuda de derivativos – uma versão de alta tecnologia da venda de gato por lebre.

Taxa de Administração

Taxa cobrada pelas instituições financeiras ou administradores de carteiras de ações, a título de remuneração pela gestão de fundos, clubes e outras modalidades de investimento.

Taxa de Juros

É o custo do dinheiro no mercado. Quando a taxa de juros está alta, significa que falta dinheiro no mercado. Quando está baixa, é porque está sobrando.

Títulos

São papéis vendidos pelos governos ou empresas ao mercado financeiro para obter recursos financeiros. É como se fosse um contrato de empréstimo no qual o tomador do recurso faz uma promessa de pagamento à ordem da importância emprestada, acrescida de juros estipulados no contrato.

Top-picks

Ações indicadas pelas instituições financeiras num mês. São as Top 5, quando são cinco as recomendações que merecem atenção naquele período.

Trade Agreement

Acordo comercial.

Turnover

Movimentação, giro comercial. O número de vezes que os valores e recursos de uma empresa são substituídos em um dado período.

Obs.: Texto enviado por Luiz Fernando Cunha (F. Maier).