MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Sim! Nós também podemos!

CARTA DE JANEIRO

Sim! Nós também podemos!

Podemos transformar o Brasil em uma Federação de verdade e acabar com a roubalheira, bandalheira, desrespeito, pobreza, injustiças, desemprego, miséria, bandidagem, baixos salários, péssima educação e saúde, e tudo mais que nos coloca à margem do Primeiro Mundo, embora tenhamos riquezas maravilhosas, maiores do que no Primeiro Mundo, que aliás, está de olho por aqui...

O inimaginável e tido como impossível aconteceu nos Estados Unidos, um negro, desconhecido até dois anos atrás, sem nenhuma ligação com qualquer rico clã, e ainda com um nome muçulmano, chegou aclamado à Presidência daquela nação.

Se lá puderam, e porque não aqui? Podemos transformar o Brasil em uma federação de verdade, com autonomia tributária, legislativa, administrativa e judiciária dos estados e muita autonomia aos municípios - conheça o projeto federalista em www.federalista.org.br - e abrir os caminhos para que os problemas sejam resolvidos, pois a causa maior, que é o modelo centralizado de País que temos, será resolvida.

Cada estado, cada município e cada individuo terá a oportunidade de ir atrás de sua própria felicidade, resolver seus próprios problemas e ter seus próprios sucessos, de acordo com seu trabalho e mérito, sem mais as ingerências do Governo Federal na vida de todos. E sem mais as extorsões praticadas na sua renda todos os dias, do pacote de leite ao automóvel, enfim, tudo!

COMO FAZER ISSO NO BRASIL? COMO TRANSFORMAR? COMO ELIMINAR A CAUSA?

Temos que registrar o Partido Federalista no TSE e para isso são necessárias 500 mil assinaturas de apoio até julho de 2009. Assine o seu apoio e ajude a captar mais! As instruções estão em http://www.partidofederalista.org.br/assinaturasdeapoio/programa_multiplic.htm

Mas sem dinheiro? Nem pensar, não tem como! Nem com milagre... Veja a notícia abaixo, Obama, que representou o espírito das mudanças que o povo daquele pais desejava, recebeu a ajuda de mais de três milhões de pequenos doadores. Isso mesmo, três milhões! Será que o americano, que tantos brasileiros xingam e falam de sua frieza emocional é melhor do que nós? Depende sempre das atitudes. Se tivermos atitudes como eles tiveram – e não quero aqui adentrar a discussões sobre política, ideologia, etc, pois não vem ao caso neste tema que trata da atitude individual que se tornou em atitude social – conseguiremos mais do que apenas levar ao poder federalistas que se propuseram a formar uma nova frente política. Transformaremos – você e eu - o Brasil em uma Grande Nação! Não é pouco, concorda?

E, portanto, se você quer realmente mudar, tem que se mexer! Quando a sujeira invade a sua casa, o que você faz? Deixa quieto ou arregaça as mangas e vai limpá-la? O Brasil está cheio de sujeira, e o Brasil é a nossa casa. Podemos limpá-la! A lição das mudanças está clara. Sim, nós podemos, mas temos que agir objetivamente. Xingar apenas e ter inveja de outros países não adianta nada.

Então, não espere mais! Se você gostou das propostas, mesmo que não concorde com uma coisa ou outra – afinal não somos perfeitos e ninguém o é – e percebeu que a autonomia e a descentralização dos poderes – o foco central da proposta do Partido Federalista - é o caminho da eficiência e da redenção nacional ( e da sua, da nossa como povo), então haja, faça a sua parte. Colha algumas assinaturas e faça uma doação ou mais, contribua mensalmente ao Partido Federalista, simplesmente depositando qualquer quantia que você puder.

Banco HSBC – Agência 0125 – conta corrente nº 00116-95

CNPJ – 03782629000129 (necessário para transferências via DOC)

Publicaremos balancetes trimestrais demonstrando como os recursos estão sendo utilizados. As lideranças nacionais precisam viajar pelo País, precisam usar o telefone, tem custos com a sede em São Paulo, materiais promocionais dentre outros. Não recebemos verbas de governos, de sindicatos, de igrejas, de ONGs. Somos pessoas comuns que resolveram agir. Empenhamos nossas vidas nesse projeto, mas sem recursos, não será possível avançar, depois de 17 anos de maturação do Movimento Federalista que agora se transforma no Movimento Constitucional Federalista, com a criação do Partido Federalista.

Você faz parte da História do Brasil, a nova História de um Brasil do Século 21, mas resta saber de qual História você pretende participar, se, pela omissão, ver o atraso tomar conta do futuro, ou fazer um novo futuro, brilhante, abrindo as portas para a liberdade que todos terão para construir uma vida realmente melhor, com seus próprios méritos, resultando assim, na soma dos sucessos individuais de cada brasileiro, em uma próspera Nação. Você decide. Aproveite enquanto você pode fazer isso. Mesmo que decida nunca mais decidir.

Para os decidiriam agir: Chegou a hora! Vamos registrar o Partido Federalista este ano, até agosto! Juntos, nós podemos!

Vamos em frente!

Saudações Federalistas

Thomas Korontai

Presidente Nacional

Partido Federalista


***

Obama arrecadou US$ 500 milhões apenas pela internet, diz equipe

sexta-feira, 21 de novembro de 2008 - 20:40

Colaboração para a Folha Online

O presidente eleito dos Estados Unidos, Barack Obama, arrecadou meio bilhão de dólares em doações pela internet durante os 21 meses de campanha, segundo reportagem do jornal "The Washington Post", publicada nesta quinta-feira.

Em entrevista exclusiva ao jornal, membros da Triple O, equipe de operações on-line de Obama, divulgaram o balanço final dos números da campanha.

Ao todo, 3 milhões de doadores fizeram 6,5 milhões de pessoas, que chegaram a US$ 500 milhões. Dos 6,5 milhões de depósitos feitos, a maioria teve valor de US$ 100 ou menos. A média foi de US$ 80 e a maioria dos colaboradores fez mais que uma doação.

"Você pode enxergar o dinheiro arrecadado pela internet da mesma forma que enxerga as multidões que foram aos comícios", afirmou Joe Rospars, 27, diretor do departamento de novas mídias de Obama ao "WP". "Nós constantemente ficávamos surpresos com o número de pessoas que apareceram para vê-lo". Segundo o diretor, as expectativas da equipe em relação à participação dos eleitores foram superadas.

Obama também arrecadou milhões de dólares através de doadores tradicionais, mas a maior parte dos US$ 600 milhões foram repassados via internet. No mês de setembro, em que o democrata registrou recorde de arrecadação, dos US$ 150 milhões doados, US$ 100 milhões foram repassados por internautas.

Chris Hughes, 24, uma das integrantes mais novas da Triple O, disse ao "WP" que a campanha foi uma lição. "Aprendemos que a internet tem um imenso potencial para mostrar a pessoas que nunca haviam se envolvido com política que este é um assunto que pode impactar nas suas vidas. A premissa fundamental era permitir que o processo político ficasse nas mãos das pessoas. Esse era o valor do início da campanha, e foi o valor do final da campanha e ele não vai desaparecer", afirmou.

Números

A lista de e-mails de Obama contém mais de 13 milhões de endereços. Ao longo da campanha, assessores enviaram mais de 7 mil mensagens diferentes, muitas delas remetidas a doadores específicos (pessoas que doaram menos de US$ 200, ou que repassaram valores superiores a US$ 1000), num total de mais de US$ 1 bilhão de mensagens.

Um milhão de pessoas assinaram para receber e-mails da campanha de Obama. Por mês, cerca de 20 mensagens eram enviadas para cada pessoa. Os programas eram divididos por Estado, regiões, CEP e escolas. Somente na comunidade on-line MyBarackObama.com , 2 milhões de perfis foram criados. Com a ajuda da internet, 200 mil eventos foram organizados, cerca de 400 mil textos foram postados em blogs e mais de 35 mil grupos voluntários foram criados.

Nas páginas de arrecadação do MyBarackObama.com, 70 mil pessoas repassaram cerca de US$ 30 milhões. Além de usar sua página de campanha, Obama tem 15 comunidades em outros sites, incluindo o BlackPlanet, MySpace e Facebook. Neste último, 3,2 milhões de pessoas aderiram à comunidade, um grupo chamado Estudantes por Barack Obama, criada em julho de 2007.


© 2008 Partido Federalista – permitida retransmissão, desde que mantidas as características originais ou créditos. http://www.federalista.org.br/