MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

sábado, 10 de janeiro de 2009

PT mostra-se ao mundo


A família de um oficial do exército israelita: sua mulher e seus dois filhos protegem-se durante um ataque de foguete do Hamas em Kfar Aza, ao norte da Faixa de Gaza.

Reinaldo Azevedo

Detestável e asquerosa a escalada da retórica do governo brasileiro contra Israel. Se vocês procurarem no arquivo do blog, encontrarão posts em que censurei Lula por ter feito excursões às ditaduras islâmicas, mas não ter pisado no solo da única democracia do Oriente Médio: Israel. A petralhada, claro, acusou-me de estar ideologizando uma questão que seria puramente comercial: o Apedeuta seria só o nosso mascate, vendendo o Brasil para o mundo. Conversa! A aproximação do governo brasileiro com ditaduras islâmicas era só parte da dita genial estratégia do Itamaraty de afastar o Brasil de um suposto alinhamento automático com os EUA. Desde os tempos de Primeira Leitura afirmo que os desastres da política externa petista são, com efeito, um sucesso... Até entre jornalistas!

Esse Itamaraty que se vê tão severo com Israel, apelando aos mais altos interesses humanitários, votou, na ONU, contra a censura ao governo do Sudão. Milícias apoiadas por um facínora mataram, naquele país, mais de 300 mil pessoas. Há pelo menos 3 milhões de refugiados. O Brasil estava de olho no apoio de mais um gorila à sua pretensão de ampliar e integrar o Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Nada a estranhar. Repete-se a mesma retórica empregada CONTRA o governo constitucional da Colômbia. Quando se refere às Farc, o governo Lula fala no fim das hostilidades e na necessidade do entendimento, igualando os terroristas a um governo eleito democraticamente. O Itamaraty nunca desceu tanto. E tudo indica que ainda não atingiu o fundo do poço.