MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

sábado, 10 de janeiro de 2009

Medicina em Cuba: puro curandeirismo

MEDICINA EM CUBA

Prezados Internautas
Confirmando a denúncia abaixo. Na semana passada, tive a oportunidade de assistir a uma entrevista de uma professora universitária, PhD em dermatologia, sobre doenças da pele. A entrevistadora, com entusiasmo, abordou a terapia que cura o VITILIGO, supostamente desenvolvida em Cuba,

A dermatologista, cujo nome infelizmente não sei poreue peguei a entrevista pela metade, replicou enfaticamente, que certos tipos de vitiligo têm cura, muitas vezes até espontaneamente, havendo vários tipos de tratamentos feitos no Brasil, bastante eficientes, que se não curam paralisam o avanço da doença.

E afirmou, taxativamente, que os tratamentos apregoados pelos médicos cubanos eram produtos de propaganda, não havendo qualquer pesquisa científica comprovando a sua eficácia. E que, portanto, aqueles que se deixavam envolver, estavam sendo explorados, monetária e politicamente, sem obter nenhuma resposta positiva.

Sds

Pedro Paulo

***

A VERDADE SOBRE CUBA

O que se tem a dizer da VACINA CONTRA MENINGITE B que o governo do Collor (para agradar o PCB que estava no ministério da Saúde) comprou por 7 dolares a dose e vacinou grande parte das crianças brasileiras?

Depois do retumbante fracasso dessa vacinação, que jamais foi repetida, o que os admiradores da medicina cubana tem a dizer?

Foi um embuste que o povo brasileiro sofreu. Eu nessa época fazia um curso de infectologia na USP, que havia enviado a pedido do governo brasileiro vários professores para Cuba para se certificar da eficácia da vacina. Foram apenas passear. Chegando lá não conheceram absolutamente nada. Nenhuma evidencia científica, nada! Disseram se tratar de assunto de segredo de Estado. Os professores voltaram horrorizados com a possibilidade de estarmos fazendo uma vacinação que além de inócua, também fosse prejudicial à saúde.

Desaconselhei todos os meus pacientes a receberem a tal vacina, assim como meus filhos tb não a receberam.

Cadê os meios de comunicação que nada disseram, nunca?

Estão na mão dos esquerdoides, que ficam fazendo Cuba posar de bacana, e enganado os incautos.

NÃO EXISTE MEDICINA SEM TECNOLOGIA. O QUE EXISTE LÁ É CURANDERISMO.

E eu falo com conhecimento de causa.

Perguntinha... Por quê chamaram um médico francês para operar o Fidel?

Quando o General Figueiredo foi operado do coração nos USA, toda a imprensa caiu de pau.

E por quê não falam da cirurgia do Fidel?

Dr. Jaime Castilho - médico