MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

A última fase da islamização da Europa

COMENTÁRIO PRÉVIO

André F. Falleiro Garcia



O Site da Sacralidade publica hoje as duas primeiras partes de uma conferência realizada por Geert Wilders [foto] em Nova York em 25 de setembro de 2008. Trata-se de um jovem político holandês que de forma desassombrada empenhou-se em denunciar o processo de islamização de seu país e da Europa.

É presidente do Partido da Liberdade. Foi ameaçado várias vezes de morte pelo islamismo radical e vive sob proteção policial. É um dos dois parlamentares holandeses que são conduzidos ao seu local de trabalho em veículos blindados e à prova de balas.

O deputado chegou a afirmar que "se Maomé vivesse hoje aqui, eu proporia sua expulsão pelo seu extremismo". A embaixada da Arábia Saudita pediu informalmente que ele se desculpasse, mas ele recusou-se e o governo holandês acabou defendendo o direito de Wildes à liberdade de expressão.

No país dos moinhos de vento e das tulipas o terrorismo islâmico produziu um clima de medo e crescente mal-estar. Causa preocupação o insucesso da política de integração da minoria muçulmana, que se cifra em um milhão entre os dezesseis milhões de habitantes. As previsões oficiais calculam que em 2020 metade da população das grandes cidades holandesas será muçulmana.

Leia mais em http://www.sacralidade.com/mundo2008/0076.islamismo.html.