MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964

MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964
Avião voa sobre a orla carioca em 31/03/2014, ostentando faixa com os seguintes dizeres: "PARABÉNS MILITARES - 31/MARÇO/64 - GRAÇAS A VOCÊS O BRASIL NÃO É CUBA". Clique na imagem acima para acessar MEMORIAL 31 DE MARÇO DE 1964 - uma seleção de artigos sobre o tema.

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Fórum Social Mundial

Fórum Social Mundial 2009: encontro de esquerdistas, terroristas e espiões

17 de janeiro de 2009

Analistas da Agência Brasileira de Inteligência acreditam que o Exmo.Sr.Presidente da República Sindical Socialista do Brasil, Luiz Inácio da Silva, não deveria comparecer ao Fórum Social Mundial 2009, por haver fortes indícios de que possa receber estrondosa vaia, e até um par de sapatos da multidão, à semelhança da abertura dos jogos Pan-Americanos do Rio. O presidente é avaliado como enganador do movimento socialista, fato que os radicais não perdoam, principalmente o PSOL de Luciana Genro, filha rebelde do ministro da justiça. A única alternativa será um auditório com a confinação de pessoas triadas pela sua segurança, conforme praxe do Palácio do Planalto para evitar vaias em locais públicos.

Do Observatório de Inteligência

Por Orion Alencastro

A cidade de Belém do Pará, a partir de 25 de janeiro, dia de São Paulo, deverá receber mais de 18 mil pessoas que participarão do Fórum Social Mundial de 2009, às custas de milionária infra-estrutura patrocinada pelo Palácio do Planalto. O evento acontece no período de 27 de janeiro a 1 de fevereiro, nas dependências da Universidade do Pará (UFPA) e da Universidade Federal Rural do Amazonas (UFA), ambas mantidas com a receita dos tributos dos trabalhadores brasileiros.

O magno evento será precedido pelo III Fórum Mundial de Teologia e Libertação, de 21 a 25 de janeiro, para o fortalecimento da visão marxista-cristã. O Fórum Social Mundial vem sendo considerado pelos estudiosos do assunto como a metamorfose do Movimento Comunista Internacional, pós ex-URSS, dadas as suas características e pauta de discussões de oposição ao Fórum de Davos da Suíça, que discute a economia para o melhor desenvolvimento da cooperação mundial.

O FSM, na verdade, objetiva convocar e reunir ativistas globais, induzi-los e/ou fortalecê-los dentro da crítica e da utópica e arcaica dialética marxista de que "um novo mundo é possível", caminho para a instauração de Estados comuno-socialistas, convergindo suas atenções para temas políticos, sociais e ambientais, ardilosamente pautados. Tudo isso para satisfação do ego dos conhecidos governantes populistas da hora.

Espiões do G-20 e outros, no fórum de Belém


O coronel Hugo Chávez, ditador da Venezuela, espera ser a grande estrela do FSM, visto como o comandante revolucionário da América Latina, herdeiro do espólio do carrasco de Cuba.
O FSM conta com a participação de ativistas diversos, representantes de mais de 150 paises, e terá, entre os participantes, mais de cem agentes de inteligência de, ao menos, 16 países do G-20 e de observadores dos principais países da América Latina.

A organização do FSM 2009, cautelosa pelo desenvolvimento dos temas que serão abordados e temerosa da presença de participantes que venham a discordar nas seções plenárias, montou rígido controle de segurança no credenciamento da imprensa, free-lancers e dos participantes, fixando prazo, obrigatoriedade de pagamento e comprovação de identidade do participante.

O acompanhamento do FSM pelo contingente da inteligência se deve ao fato de que, segundo destacada agência européia, o evento receberá representantes do ETA e de ativistas do Hamas e Hezbollah, que aproveitariam o vôo regular que liga as capitais do Irã e da Venezuela, seguindo de Caracas para Belém do Pará, e se reuniriam com os companheiros latino-americanos do Cone Sul.


Os comentários nas filas de compras, esquinas, bares e recepções de hotéis, são de que El Comandante está embalsamado, conservado em câmara fria e sob guarda especial em quartel de suprimentos.
O evento está preparado para lançar um protesto contra o estado de Israel em "defesa" do povo palestino, minimizando a beligerância do Hamas, e está previsto para, se confirmado, manifestar apoteótico lamento pelo desaparecimento do líder sanguinário Fidel Castro, o carrasco do Caribe que, por 50 anos, conseguiu desenvolver e manter o maior cativeiro de escravos ideológicos do mundo,na Ilha de Cuba.

Foro São Paulo, narco-terroristas e terroristas estarão presentes

Como sempre, dirigentes do Foro São Paulo se exibirão nos palcos marxistas do FSM de Belém, destacando-se as estrelas Hugo Chávez e seus capachos Luiz Inácio da Silva, Evo Morales, Rafael Correa e Daniel Ortega. As FARC, a caminho do evento, via Manaus–rio Amazonas, e devidamente observadas, contam com vários representantes separados que vão "engrossar o caldo" com os companheiros da via Campesina, Sendero Luminoso, ETA, MST, CUT, e outros.

A rede de hotéis, hospedarias, motéis e casas de família da capital do Pará esperam um bom faturamento com as reservas e a clientela do Fórum, que compensará a perda de demanda com a crise econômica que já afeta alguns setores de serviços.

As polícias federal, civil e militar do Pará estão atentas para inibir a ação de traficantes interessados em oferecer seus préstimos aos forasteiros e participantes do Acampamento da Juventude, trabalhando integrados ao contingente de 250 homens da Força Nacional de Segurança, especialmente deslocada para assegurar o evento.

(OI/Brasil acima de tudo)

Lula MENTINDO ao negar aliança com Fidel e Chavez (Boris se referia ao Foro de Sao Paulo, que continua mais ativo do que nunca) - http://www.youtube.com/watch?v=WkZxfTcS5Aw.